sexta-feira, 27 de maio de 2011

Meu Aniversario!

Meu aniversario ta chegando e já estão me perguntando o que eu quero de presente. Tem tanta coisa que eu quero, mas tem tanta coisa que eu preciso. Não sou de pedir presentes, acho que presente tem que ser o que a pessoa quer dar, ou o que ela pode, então vou começar a listar aqui coisas que eu gostaria de ganhar neste aniversario e coisas que preciso. Talvez ajude!


- Uma casa (mobiliada).
- Um carro (Zero).
- Um Jaqueta.
- Uma caneca.
- Havaianas.
- Sapatos.
- Sandalias.
-Vestidos.
- Sapateira de Porta.
- Capa de colchão.
- Almofadas.
- Removedor de Maquiagem.
- Tempo.
- Meias
- Meia-calça
- Calças
- Fones de ouvido
- Cinto
- Pó compacto.
- Base.
- Viagem pro Maranhão
- Chocolate.
- Camisa do Atletico MG
- Camisa da McLaren
- Ingresso pro GP de Interlagos de F1.
- Ipad
- Iphone
- Livros
- Almofadas.
- Mala
- Bolsas
- Mochilas
- Dinheiro.
- Viagem pra Disney.
- Ovo de 6 kg da Cacau Show!
- Manta.
- Tôca.
- Pudim.
- Cartão de Crédito Ilimitado!
- Maquina to tempo.
- Porco do Pink Floyd
- Coleção de Discos dos Beatles.
- Uma Mansão no céu.
- Um cinema.
- Câmera fotografica.
- Filmadora.


Acho que por enquanto basta, se eu me lembrar de algo mais acrescento e publico novamente.
Beijos
;)

sexta-feira, 20 de maio de 2011

12 tiros!

Andei lembrando de uns momentos. Engraçado como eles passam e tempos depois percebemos como eles foram bons!
Acho que quase todo mundo sabe que passei boa parte da minha vida no norte de Minas, pensando bem eu nunca gostei mesmo de lá. Claro que fico feliz de ter passado tanto tempo com minha familia, mas do lugar mesmo eu não tenho nem saudade.
Fiquei pensando no meu ultimo reveillon la. Foi o ultimo do meu pai e o primeiro que passei em Montes Claros com o meu tio João Batista e sua familia. O natal era sagrado, todo ano era lá, mas o reveillon era sempre na roça. Eu preferia ter passado na roça. Minha mãe sempre fazia biscoito de goma, bolo e peru. Os peões iam pra casa buscar a familia que vinha pela estrada no escuro pra fazer a festa. Sempre tinha um forró de viola e pinga. Sempre tinha historias de monstros e assombrações. Sempre improvisavam uma fogueira.
Tudo era tão bom! Meu pai dançava mal e minha mãe puxava o encarregado pro forró arrastado. Eles dançavam feio. Eu e meus irmãos contavam piadas, brincava com os cachorros e ficavamos esperando o outro ano como se fosse o maior evento da terra. E normalmente era só um foguete de 12 tiros que o pai deixava a gente soltar quando dava meia noite. Era a vida. Ela seguia e a gente amava o fim do ano. O cheiro da alegria na terra. Certa vez minha mãe foi na casa vizinha pra chama-los pra festa quando ja era quase meia noite. Ficamos esperando ansiosos achando que ela não chegaria a tempo. E ela chegou cantando, na hora da contagem regressiva. Nos abraçamos todos e logo depois veio os 12 tiros.
Saudade eu tenho disso. Dos 12 tiros, no céu completamente carregado de estrelas. Era o mais bonito!

sexta-feira, 13 de maio de 2011

CORPOS UNIDOS!


Recebi este texto por e-mail e só quem já passou por isso pra saber como é...



Nossos corpos estão tão unidos, que posso sentir as batidas do seu coração.
Nossa respiração confunde-se com a do outro....


Nossos movimentos são sincronizados. .. Indo e voltando... Para frente e para trás...

Às vezes pára, e então, quando nos cansamos da mesma posição,

nos esforçamos para mudar, mesmo que seja só por pouco tempo.

O suor de nossos corpos começa a fluir sem que nada possamos fazer....

Um calor enorme parece que nos fará desmaiar...

Uma força ainda maior nos faz ficar ainda mais colados um ao outro e,

quando não agüentamos mais segurar...

Uma voz ecoa em nossos ouvidos:






- ESTAÇÃO CASCADURA, DESEMBARQUE PELO LADO ESQUERDO!!!!!