terça-feira, 20 de dezembro de 2016

É pra rimar, com mar...




O meu labirinto é feito de palavras, posto ao tempo para o tempo curar. 
Rodeado por um muro largo e tão alto que é quase impossível passar. 
Do outro lado um mar que reflete estrelas e um brilho lindo de olhar.
E nessa folha a apenas uns versos para o nosso mundo mostrar.
Onde ali adiante no nosso esconderijo distante está nosso lar.
E entre o meu peito e o seu, dois coração sempre a pulsar.
E mais essa rima pra dizer que nunca deixaremos de amar. 
Agora já posso esse poema torto terminar.
E ir pra lá descansar...

ps.: por lá vou te esperar... 

domingo, 18 de dezembro de 2016

Carta Sem Começo e Fim

Que pode uma criatura senão, entre criaturas, amar?
(Carlos Drummond de Andrade)


Como se você soubesse como será o futuro, tudo deduções feitas pelo orgulho, medo ou meros receios de nós mesmos. E se não for? E se for? E se... que preguiça boa hoje né? Domingo tem disso eu acho...
Vem, vem entra e toma posse, tudo sempre foi seu mesmo. Vai demorar muito pra você perceber? Vai demorar pra você acreditar naquilo ta ali gritando a tanto tempo? Acorda! Não da pra mudar, você nem ao menos quer mudar isso, ou aquilo, ou qualquer coisa dentro de ti a meu respeito. Mas teima, você teima nessa falta de querer que quase convence a si mesmo. Mas quer, não quer? Então toma, desfruta daquilo que ta ali posto pra você, pra ser seu, pra te fazer bem, te fazer feliz... E te quer! Claro que te quer, e você sabe não é? 
Pega, é seu, é sua, é nosso meio de amar e se dar, de mim é inteiro, mas você quer metade. Então que tome sua metade e deixa o resto ir aos poucos se assim se sente seguro. Mas pega logo, toma logo aquilo que é seu e que por mais que tentem, e tentam, ninguém toma. Pega, usa, desfruta, mergulha nesse céu profundo que se assemelha a seu oceano quando o sentimento não cabe em si.  
Queira. Amor meu querer não é pecado e não ta ali pra você sentir culpa, ta ali é pra se transformar em desejo e ser realizado, suplantado, sugado, rasgado, exposto. Exponha! Mas somente para si. Permita-se... Se existe um problema nessa vida ta entre seu muro e meu labirinto e olha, eu já andei, dancei, pulei, voei sobre esse muro e já senti medo, angustia e dor no seu mundo. E meu labirinto? Você já passeou tantas vezes dentro dele que já tem um mapa, um mapa tão bem desenhado que quando sobe uma parede nova, ou quando uma passagem é fechada você já sabe automaticamente que ops, tem alguma coisa errada. Já sentiu medo, angustia, e dor nesse meu mundo. 
Mas ambos, você feito de mar as vezes quase oceano, eu feita de céu, entre sol e tempestades, amamos. Amamos mais do que permitimos simplesmente porque não é possível ter controle. Amamos mais do que é permitido e possível caber no céu do meus olhos ou no mistério do seu oceano. Amamos, vibramos, torcemos, aceitamos, esperamos. O que? Não tenho ideia, mas é como se fossemos compostos um do outro sempre, não é assim quando lembramos do que éramos antes de construirmos nosso pequeno castelo? Ta aí... Um casal feito de momentos, hora são amantes perdidamente apaixonados, hora não sabe se ama ou se odeia, hora morre de medo de perder, hora quer um tempo pra deixar esquecer, mas em todas as horas por mais encanados ou escancarados que possamos ser, somos algo que junta tudo isso aí, que ta acima das pirraças, dos dramas, das teimosias, dos medos e da raiva. Somos amigos. E amor nada mais é do que a amizade em forma de poesia. E não é isso? Amor, amizade, cumplicidade, inspiração e poesia?


ps.: olhaa

Obs.: Texto do projeto "Ali", para ver os demais textos e/ou continuação do diário/historia clique aqui!

domingo, 11 de dezembro de 2016

Feito de Mar




Ele é feito de mar. Poderia parar por aqui e deixar que vocês imaginem a beleza de alguém que tem o mar inteiro dentro de si. Mas vou continuar com meus rabiscos errados e dizer que sim ele é feito do mar mais bonito e profundo.
Se acha que estou exagerando ou que isso é coisa de céu apaixonado lhe digo, tire 2 minutos do seu tempo e o observe. Tenho certeza que verá, ondas, espuma, barulho, calmaria, brisa, balanço,profundidade e mistério.
Principalmente mistério.
A primeira vez que o vi ele estava com um oceano inteiro preso nos olhos, era impossível ver a profundidade daquela alma, mas era possível ver que havia inúmeras questões como em qualquer lugar inexplicável do mundo.
O brilho daqueles olhos são tão intensos que é impossível não se perder olhando pra eles.
Você olha pra lá e não consegue parar nunca mais, não quer parar nunca mais, só quer mais.
Foi por isso que me vesti de estrelas, constelações inteiras, nuvens, cores, coloquei um sol morno e confortável dentro de mim, e a lua.
Principalmente a lua.
E aqui estou!
Me transformei no céu apenas para ele eu poder olhar e em alguns horizontes o abraçar, confortar, amar...

terça-feira, 8 de novembro de 2016

a carta




Meu amor venho por meio deste dizer que te amo. Sei que já não aguenta ouvir que te amo, mas não sei outra coisa fazer nessa vida além de dizer que te amo. Juro, eu já tentei muitas coisas absurdas ao fugir desse amor por ti, mas olha, não consegui. Eu te amo mesmo. Pronto. É assim, definitivo, sem motivo, absurdo, sem explicação, sem noção...
Acredito que nesse mundo em que hoje vivemos, você deste lado e eu aqui nessa bagunça do lado de cá, tudo já ficou muito claro.
E se ta sol e vou pra praia e tem ondas no mar e cheiro de protetor solar, vendedor de picolé, olha picolé, mar, sol e eu te amo.
Entende?
Mais ou menos assim que funciona. A cada prego, a cada bolo, a cada música idiota ou até a cada música que nem sei, e as músicas que sei e são lindas... AMOR MEU EU TE AMO!
Desculpa, não queria gritar com você, mas é que as vezes é difícil discutir com o silencio absurdo que faz essa sua ausência. Ui quase parafraseei o Teatro Mágico naquela música. Como é mesmo o nome dela?
Você vê? São olhares feitos por nós dois naquele pequeno castelo que  não é que foi construído com alicerces de amor sincero? Olha, é assim que é... Eu te amo. Definitivo, incondicional e incrível! Aliás você é incrível... Posso passar a noite inteira aqui babando sobre o amor que tenho e sobre você que o compõe de maneira tão intensa no seu modo de ser tão bonito. Mas deixa estar... Essa mensagem vai vagar solta pelo ar, só pra você receber mais um vez um "eu te amo" e indefinidamente e absolutamente se sentir abraçado por esse amor que lhe é tão sincero.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

O Dono da Bola

"Remember the day  I set you free, I told you could always count on me... From that day on I made a vow, I'll be there when you want me! Some way, somehow"
(Ain't No Mountain High Enough - Marvin Gaye)


A sua vida pode ser marcada de várias maneiras, mas as relações que você cria pelo caminho tem sempre por mais simples que seja um significado importante que dita mais além quem você é.
Henrique sempre foi muito direto e eu demorei tempo demais pra saber lidar com isso, na verdade se pensar bem acho que ainda não sei bem quando é sério sério, ou quando é aquele sério com tom de zombaria. Gente que brinca falando sério causa essas bagunças na mente de quem assiste tudo. Sempre o vi como o dono da bola, aquela criança que todo mundo quer no jogo porque é o dono da bola, e é mais ou menos assim. Não sei se é por conta de beleza física, e olha, esse aprendeu a ser bonito como nenhum outro, ou se é o jeito brincalhão e divertido como ele se aproxima dos outros. O fato é que ele é o dono da bola, todo mundo quer ter por perto, todo mundo quer estar ali perto dele.
Eu sou diferente, não sou bonita fisicamente, não que eu seja feia, mas bonita to longe de ser. Não sou a dona da bola e ainda sou aquela que nem se fosse saberia jogar direito. Mas sou divertida. E não sei se foi esse meu jeito de quem leva tudo numa boa ou se a maneira verdadeira com a qual me aproximo das pessoas, mas a real é que chamei atenção do dono da bola.
Mas como toda menina sem noção eu fiz o favor de tropeçar em uma pedra e cair com uma agulha por cima da bola estragando o jogo. Acontece!
A verdade é que depois da bola furada, dos rostos frustrados e dos pequenos e longos sermões, eu fui me transformando. Se continuo sem noção? Claro, tem coisas que não tem como mudar. Mas a maneira como eu vejo o jogo agora é muito diferente. Não quero mais jogar, isso só pra começar. Hoje eu busco mais o esquema tático, prefiro estar presente pra ouvir, fazer parte com o que me cabe, e entender como é que se faz pra jogar sem se ralar, sem cair por cima da bola, sem machucar o dono dela. Afinal, se o dono se machuca, o jogo acaba.
E assim vou levando, imaginando como seria se... e vivendo o que é. Com os dois pés cavados e enterrados no chão eu sigo contando histórias, dando conselhos, e fazendo algumas coisas sem noção. E assistindo sempre que posso o jogo do dono da bola, e aconselhando se assim ele quiser. A verdade é que sempre jogamos bem juntos o que quer que seja, ele no jogo prático e eu no esquema tático. Mas afinal é isso que dita a minha relação com o Henrique, o apoio mútuo seja qual for a partida, seja qual for o jogo. Não importando o quanto difícil seja o campeonato.

Obs.: Texto do projeto "Ali", para ver os demais textos e/ou continuação do diário/historia clique aqui!

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Dia do Escritor




Hoje é dia do escritor, o que posso fazer eu além de escrever?

Posso agradecer, posso reconhecer, posso entorpecer toda essa coisa que fica ali dentro do peito.
Posso unir verbos, conjugar pronomes, acentuar consoantes.
Posso cuspir fonemas, procurar um tema, desenhar um poema.
Posso poetizar...

E escrever momentos, fazer pequenos contratempos de um som gostoso do meu falar
Posso buscar uma rima, mas o que serve minha sina é a incapacidade de rimar
Mas o escritor que se preze, busca na vida revezes e meios de se proclamar

E entre tons e letras, procura na vida uma treta que alguém possa gostar
E às vezes termina os textos, que começou em outro contexto só pra poder declarar
Que a inspiração do seu verso, sempre será o verdadeiro e completo sentido de amar.


ps: escrevi no dia 25, mas a minha vida ta louca e por isso só to postando hoje! :*

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Não me lembro exatamente quando comecei a ama-lo

"A vida é construída nos sonhos e concretizada no amor."
(Chico Xavier)


Não me lembro quando exatamente comecei a ama-lo, na verdade pensando bem, voltando lá no fundo da minha memoria, não me lembro de nenhum só momento em minha vida que ele não estivesse no meu coração. E olha que eu o conheço a poucos anos.
Parece surreal e na verdade é. Como pode um coração não ter lembranças de estar vazio? Mas o Henrique tem isso, ele é um complemento tão completo de vida que da a impressão de que sempre esteve ali hospedado, tomando conta de uma casa que já era dele. Sempre foi dele, mesmo antes de ele entrar.
Quando ele entrou não sei ao certo o que encontrou ali escondido. Algumas saudades com certeza, uma vontade de sorrir incontrolável, e sonhos, ele deve ter se esbarrado em tantos sonhos que posso vê-lo dizendo "Meo, essa mina é doida". Consigo vê-lo tendo essa reação pelo simples fato de na vida a reação ter sido a mesma.
Foi assim no dia que eu comecei a ama-lo? Não sei, não me lembro... E o dia que ele passou a me amar?
Outro dia em uma das milhões de conversas cheias de risadas que temos ele disse que demorou pra se apaixonar, eu fingi acreditar porque afinal, eu nunca gostei de discuti com ele. Passado uns dias mexendo nas mil lembranças que tenho guardadas de nossas historias achei um recado. E neste recado a comprovação que isso era mesmo só uma historinha. É uma das mil manias que ele tem de desviar dos buracos no muro.
Henrique pegou uma caneta e escreveu qualquer bobagem só pra ver na sua certeza que sua letra é terrível. E porque não seria? "Preciso de um desses cadernos de caligrafia". Mas afinal para que? Ele nunca escreve a mão.
Henrique ficou repetindo sem parar o nome do meu perfume para não se esquecer. "Como que chama mesmo?". E repetiu tanto que posso apostar que esqueceu.
Henrique tem um suspiro para cada sentimento momentâneo e outro pra quando tem sono. Eu nunca identifico nenhum. E ele morre de dar risada disso.
Henrique não sabe, mas a composição dos meus dias são composições de momentos felizes em que passamos juntos.
Henrique ligou de repente só pra ouvir eu falando "Algas" e "Caraguatatuba" e tantas outras palavras e zombar de cada uma delas com a animação de quem ganhava um presente lindo.
Henrique é um presente lindo. Pois cada uma dessas pequenas lembranças me traz um grande sorriso, e uma vontade enorme de viver amando, viver olhando pra aquele sorriso lindo.
Não me lembro exatamente quando comecei a ama-lo. Só sei que o amo.

Obs.: Texto do projeto "Ali", para ver os demais textos e/ou continuação do diário/historia clique aqui!

segunda-feira, 4 de julho de 2016

100 perguntas que ninguém pergunta - Parte 4

Finalmente chega ao fim essa tag imensa! Então vamos logo a ela... Quem quiser me enviar tags pode enviar pra sarah.943@gmail.com ou deixar aí nos comentários que quando der eu respondo.

76: Você utiliza incenso regularmente?

Regularmente não. Uso as vezes.

77: Já se apaixonou?

Sim. Já me apaixonei e reapaixonei pela mesma pessoa umas 20 vezes. E por algumas coisas, musicas e filmes também.

78: Quem você gostaria de ver em um show?

Eu acho que já fui em quase todos os shows que eu realmente quis ir na vida. Não me lembro agora de nenhum que eu queira realmente ir que não tenha ido. Que eu já fui, iria no do Coldplay mil vezes se pudesse.

79: Qual foi o último show que você viu?

Famoso foi Coldplay.

80: chá quente ou chá frio?

Tanto faz.

81: Chá ou café?

Gosto mais de café, mas tomo muito chá também.

82: Açúcar ou adoçante?

Eu não consumo muito nenhum dos dois, mas uso os dois. Uso um adoçante no trabalho porque o açúcar de lá é refinado e eu evito. Mas em casa uso açúcar mascavo ou mel.

83: Você sabe nadar bem?

Sim.

84: Você consegue prender a respiração sem segurar seu nariz?

Sim.

85: Você é paciente?

Tem gente que diz que sou paciente de maneira inacreditável. E posso até dizer que sou mesmo muito paciente, mas tenho meus momentos de impaciência também, principalmente com a minha mãe.

86: DJ ou banda, em um casamento?

Ah banda muito legal né? Acho que banda.

87: Já ganhou um concurso?

Já ganhei alguns.

88: Já fez alguma cirurgia plástica?

Não, nem pretendo fazer.

89: Quais são as melhores azeitonas, pretas ou verdes?

Difícil! Eu adoro azeitona. Não sei, as duas são boas.

90: Você faz tricô ou crochê?

Não, mas acho lindo.

91: O melhor lugar para uma lareira?

Eu moro em uma cidade muito quente pra pensar em lareira. Em Minas ficava na sala. Então deixa lá.

92: Você já viajou pra fora do seu país?

Não. Mas irei muito em breve.

93: Que lugares pretende conhecer?

Tem uma lista de lugares aqui no país e uma lista de países que gostaria de conhecer. Quero ir no Peru, Itália, Indonésia, Cabo Verde, Japão, Alemanha, Inglaterra, Escócia, Colômbia, Israel e muitos outros. Já concorri a bolsa pra Itália duas vezes, quase fui pra Alemanha também. Mas ficou no quase...

94: Qual era a sua matéria preferida no Ensino Médio?

Fico entre Física e Matemática. Gostava de História também.

95: Você esperneia até conseguir as coisas do seu jeito?

Não. Se eu quero que algo seja do meu jeito faço por onde conseguir, se não for a melhor maneira então normalmente reconheço isso e tudo bem.

96: Você tem filhos?

Não. Tenho um cachorro.

97: Você quer ter filhos?

Sim. Sempre quis ter pelo menos 1. Mas se der pra ter mais melhor ainda.

98: Qual é sua cor favorita?

Verde e vermelho. Na verdade vai de momento, ultimamente tenho gostado muito de azul e amarelo também.

99: Você sente falta de alguma coisa da sua infância?

Sinto falta do meu pai, e de poder falar bobagem sem ser julgada. Quando crescemos acabamos deixando de sonhar o impossível, quando crianças, mesmo sabendo que cavalos alados não existem de verdade podemos fingir que sim e ninguém te chama de maluco por isso.

100: Você inventa...

Eu invento histórias para brincar. Invento maneiras de fazer quem eu amo sorrir. Invento sonhos impossíveis de realizar. Invento motivos para brincar, sorrir, dançar. Eu invento maneiras de viver com leveza, mesmo não dando certo algumas vezes, no geral funciona. Eu invento também novas formas de dizer "eu te amo", "eu me importo"...

quarta-feira, 29 de junho de 2016

100 perguntas que ninguém pergunta - Parte 3

Mais 25 perguntas da eterna tag "100 perguntas nem lembro mais o nome da tag"... Vamos a elas! Lembrando que se você também quiser perguntar pode mandar pro email sarah.943@gmail.com ou deixa aí nos comentários que eu repondo quando der. Já recebi mais duas e prometo que vou responder gente, só ter um pouco de paciência ok?

51: A última vez que você teve um retrato tirado por um fotógrafo?

Na formatura do Marcelo.

52: Você acha que os musicais são legais?

Depende do musical, tem uns que são um saco.

53: Natal é estressante?

A cidade ou a data? rs
Eu amo o Natal, acho uma data linda, adoro as confusões que acontecem até a hora da ceia. Dificilmente fico irritada. A cidade eu não conheço, mas me parece ser bem legal.

54: Nunca comeu um Pierogi?

Já comi sim, e achei bem gostoso. Parece pastel de forno só que cozido. Comi algumas vezes nas festinhas da Juliana, minha amiga, os avós dela são poloneses.

55: Tipo favorito de torta?

Ih sei lá! A torta de maçã que a avó da Carol minha comadre faz é boa demais. Sempre como em quantidades absurdas.

56: O que você queria ser quando era criança?

Ih já quis ser tanta coisa. Já quis ser dentista, cientista, piloto, escritora, professora, engenheira, fotógrafa, e sei lá mais quantas coisas profissionalmente. Mas eu era e ainda sou muito sonhadora, então eu não era muito fã de crescer não. Quanto somos crianças somos menos julgados.

57: Você acredita em fantasmas?

Eu acredito em espíritos. Então acho que sim, de certa forma acredito.

58: Já teve um sentimento de Deja-vu?

Já. Tenho muitos.

59: Toma uma vitamina diária?

Tomo vitamina quase que diariamente, eu gosto muito de vitamina. E tomo também algumas vitaminas (remédios) porque ando doente.

60: Usa chinelos?

Sim. Quem não usa?

61: Usa um roupão de banho?

Uso, o dia inteiro se tiver frio. Mas não sei se é de banho, é roupão.

62: O que você usa para a cama?

Lençóis, cobertores, colchas, travesseiros, Oliver...

63: Primeiro show?

Cara não faço ideia, não lembro do primeiro. Acho que foi Milton Nascimento.

64: Wal-Mart, Target e Kmart?

Isso tudo é mercado? Nenhum.

65: Nike ou Adidas?

Nike e Adidas, tenho os dois.

66: Cheetos ou Fritos?

Nenhum deles, faz um tempo já que parei de comer essas coisas.

67: Os amendoins ou sementes de girassol?

Amendoins, não sou papagaio pra comer semente de girassol. rs

68: Já ouviu falar do grupo de Tres Bien?

Não. É bom?

69: Já teve aulas de dança?

Não.

70: Existe uma profissão que você imagine fazer no seu futuro?

Sim. Mas não direi qual é.

71: Você consegue enrolar sua língua?

Acho que sim.

72: Já ganhou um concurso de soletração?

Nunca participei disso.

73: Você já chorou porque você estava feliz?

Muitas vezes.

74: Possui algum disco de vinil?

Não mais, doei todos.

75: E uma vitrola?

Muito menos...

quarta-feira, 22 de junho de 2016

100 perguntas que ninguém pergunta - Parte 2

Segunda parte da tag 100 perguntas que ninguém pergunta, semana que vem posto a terceira parte e na outra a quarta, porque né? Dessa vez foi muita pergunta né? rs

Segue aí embaixo:

26: Quais filmes você poderia assistir várias vezes e continuar amando?

Existem filmes que já vi várias vezes e sempre que passa acabo vendo de novo por puro amor. Forrest Gump, Procurando Nemo, Alice no país das Maravilhas, O filho da noiva, Lisbela e o Prisioneiro, e vários outros.

27: Última pessoa que você beijou/beijou você?

Camila uma amiga minha que encontrei ontem a noite. Ela me deu um beijo estalado no rosto e eu retribui.

28: Alguma vez você já foi escoteiro(a)?

Não, mas cresci no mato.

29: Você posararia nua em uma revista?

Não sei, mas acredito que não.

30: Quando foi a última vez que você escreveu uma carta para alguém no papel?

Tem uns meses. Enviei uma carta pros meus tios e pra um primo. Pessoas queridas eu envio cartas, cartões, postais. Eu adoro essas coisas.

31: Você pode trocar o óleo de um carro?

Cara pior que acho que posso. Quer dizer, se for fusca, acho que posso sim.

32: Já obteve uma multa?

Já fui multada na biblioteca muitas vezes. O Telmo bibliotecário me amava, vivia me parando na rua e perguntando "Sarahhhh cadê o livro?". Dá até saudade...

33: Alguma vez ficou sem gasolina?

Eu não tenho carro.

34: Tipo favorito de sanduíche?

Tem um sanduíche de pernil que vende em Contagem que minha nossa senhora da gordice. Sensacional! Tem o filé acebolado do Bacanas em Rio das Ostras que merece aplausos também. O de Bacon do passaporte, também em Rio das Ostras que é ótimo. E tem o meu sanduíche de provolone (sou maluca por provolone) e orégano que modéstia a parte, não tem pra ninguém!

35: A melhor coisa para comer no café da manhã?

Leite e fruta. Sou a louca da fruta, amo fruta demais da conta. Mas gosto de um pão de queijo quentinho também.

36: Qual é a sua hora de dormir?

Só Deus sabe. Cada dia durmo em uma hora diferente, mas lá pelas 23:30, normalmente, eu já estou indo me deitar.

37: Você é preguiçoso?

As vezes sou.

38: Quando você era criança, o que você vestia para o Dia das Bruxas?

Quando eu era criança o mais parecido com dia das bruxas era dia do folclore, a gente não costumava comemorar festas de cultura estrangeira, se não tivesse alguma peça na escola eu me vestia de mim mesma.

39: Qual é o seu signo astrológico chinês?

Nem sabia que existia isso. Perae que vou ver no google. Cara tive que calcular a hora solar do meu nascimento. Sou coelho com ascendente em serpente. O que isso significa? Não faço ideia.

40: Quantos idiomas você fala?

Falo: 7

41: Você tem alguma assinatura de revista?

Não.

42: Quais são melhores, Lego ou Logs Lincoln?

Nem sei o que Logs Lincoln, então vou dizer que é lego ta?

43: Você é teimoso(a)?

Não, sou persistente.

44: Quem é melhor … Faustão ou Silvio Santos?

Silvio Santos. Apesar que não assisto nenhum deles a muitos anos, muito anos mesmo.

45: Já assistiu alguma novela?

Várias. Eu sou super noveleira.

46: Você tem medo de altura?

PRA CARALHO! Tanto medo que demorei quase um ano pra ir na varanda minha casa.

47: Você canta no carro?

Eu canto em qualquer lugar.

48: Você canta no chuveiro?

Eu canto em qualquer lugar 2.

49: Você dança no carro?

Depende de quem é o carro.

50: Alguma vez usou uma arma?

De chumbinho já.

Quem quiser enviar perguntas pode mandar pro sarah.943@gmail.com, que quando der eu respondo! :D

terça-feira, 21 de junho de 2016

Lista de Presentes

Lista de presentes que espero ganhar nesse aniversario:

- Cavalos Alados
- Um apê simples
- Um carro (pode ser fusquinha)
- Livros (pode ser um kindle)
- Cadernos (nunca são demais)
- Canetas e lápis (nunca são demais 2)
- Um dragão
- Paradise
- Vestidos
- Canecas
- Uma maleta de make (vazia, pelamor)
- Pelúcias e almofadas
- Um computador novo seria muito bem vindo
- Um celular novo também
- Um anjo de luz
- Uma viagem pra Bora Bora (ou qualquer praia boa)
- Ali
- Sorrisos
- Abraços
- Querer bem
- Roupas
- Sapatos
- Uma marreta pra quebrar um muro
- Objetos de viagens (amigos que estão pelo mundo essa é pra vocês)
- Histórias
- Poemas
- Um iate
- Um trovador (sempre bom ter alguém cantando suas vitorias não é mesmo?)
- Lâmpada mágica
- Vassoura de Bruxo
- Varinha de Bruxo (por que não?)
- Cafuné
- Balão
- Espelho
- Cantoria
- Asas
- Rosas e Girassóis
- Aneis
- Mochila
- Pulseiras
- Sorrisos
- Teletransporte
- Brigadeiro
- Chocolate
- Melhor que chocolate
- Abraços
- Danças
- Mais cafuné...
- Máquina do Tempo
- Seu tempo
- Seu amor

Acho que ta bom né? Espero ganhar todos eles esse ano. Ainda da tempo gente! hahahaha... Se me derem um pouquinho do tempo de vocês e do amor que vocês carregam já serei a pessoa mais abençoada do mundo.

Beijos de queijo e bora celebrar a vida enquanto ainda estamos nela...

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Tag 100 perguntas que ninguém pergunta - Parte 1

Olá pessoas, voltei para responder mais Tags. Eu recebi uma que tem só 100 perguntas e pelo amor de Deus né? Eu não tenho tanta paciência assim pra responder tudo de uma vez, então irei dividir em quatro partes.

Recebi um comentário anonimo perguntando porque não estou escrevendo mais. Eu to escrevendo sim, porém não to com tempo pra ficar administrando ou escrevendo para o blog. Mas ontem postei um texto então é só dar uma olhada. Quando tiver com mais tempo naturalmente irei postar mais ok?

Quem quiser mandar perguntas pode mandar pro email sarah.943@gmail.com ou deixar nos comentários do blog que quando tiver uns minutinhos respondo de boas. Agora vamos a primeira parte da Tag.

Tag 100 perguntas que ninguém pergunta - Parte 1

1: Você dorme com as portas do seu armário aberta ou fechada?

Normalmente fechada, mas se tiver aberta e eu tiver com preguiça de fechar durmo com ela aberta mesmo.

2: Você leva embora os shampoos e condicionadores dos hotéis?

Eu nem lembro quando foi a ultima vez que me hospedei em um hotel. Quando viajo fico sempre hospedada na casa de alguém. Mas não acho que levaria não. Eu sou meio chata com essas coisas.

3: Você dorme com seu edredom dobrado pra dentro ou pra fora?

Eu não durmo de edredom, eu nem tenho edredom, eu sempre preferi cobertor. Quando durmo na casa de alguém que tem edredom eu durmo do jeito que ta lá, nem sei o que quer dizer dobrado pra dentro ou pra fora rs.

4: Você já roubou uma placa de rua?

Pior que já. Quando era adolescente eu e uns amigos achamos uma placa de pare caída numa esquina e levamos ela até a outra esquina, mas aí o guardinha viu e mandou a gente deixar a placa.

5: Você gosta de usar post-it?

Gosto sim, acho bem útil pra algumas coisas.

6: Você corta cupons, mas depois nunca usa?

Onde tem cupons? Se eu achar um que dê desconto no leite eu vou cortar e usar com certeza.

7: Você prefere ser atacado por um urso ou um enxame de abelhas?

HAHAHHAHA que pergunta é essa? Eu prefiro não ser atacada, mas se for pra escolher prefiro as abelhas que eu corro pra um rio, piscina ou algo assim e tenho chance de viver. Enquanto que o urso uma porrada e morri.

8: Você tem sardas?

Não.

9: Você sempre sorri para fotos?

Não.

10: Qual é a sua maior neura?

Puta que pariu. Eu tinha um blog chamado Clube das Neuróticas, vou ter mesmo que pensar em qual é a maior? Sei lá, quando alguém me ignora acho que a pessoa não gosta de mim. Ou acho que sou muito moleque. Sempre algo que não da pra mudar né? Neura é foda...

11: Você já contou seus passos enquanto você andava?

Já. 

12: Você já fez xixi na floresta?

Já.

13: E quanto fazer coco na floresta?

Eu não faço isso, porque sou bonita, e gente bonita não caga...

14: Você dança, mesmo se não tiver música?

Danço. Sempre faço isso...

15: Você mastiga suas canetas e lápis?

Não. E tenho uma gastura de ver alguém fazendo isso...

16: Com quantas pessoas você já dormiu essa semana?

HAHAHAAHA que que isso??? Nenhuma.

17: Qual é o tamanho da sua cama?

Eu não tenho casa, mas meu canto é pequeno.

18: Qual é a música da semana?

Eu to cantarolando toda hora "Quando bate aquela saudade".


19: O que você acha de homens que usam rosa?

Acho nada. Que eles gostam de rosa talvez?

20: Você ainda assiste desenhos animados?

Sim, e adoro. O que mata o Marcelo e a Marcia de raiva. Ele fica querendo ver resenha esportiva e a Marcia novela. E eu fico ligada nos canais de desenho. Agora que descobri um que passa vários antigos, acho que é boomerang, sei lá, e adoro disney também.

21: Qual é o filme que você menos gosta?

Sei lá. Não gostei de "A Árvore da Vida"

22: Onde você enterraria um tesouro escondido, se você teve algum?

Eu não enterraria. Eu investiria ele e faria render. Tenho o pensamento empreendedor demais pra esconder dinheiro. Se o tesouro é pessoal mantenho junto do meu coração o máximo possível. Tenho tesouros guardados no meu coração, minha família, meu amor, minhas amizades, meu cachorro, etc. Mas não ta escondido, eles sabem que são os tesouros mais preciosos que posso desejar na vida. Sou fascinada por eles. 

23: O que você bebe com o jantar?

Eu tento não beber nada. Mas as vezes tomo um suco; de vez em quando, agora bem de vez em quando mesmo, tomo refri também. 

24: No que você mergulha um nugget de frango?

Cara, eu não como isso. É extremamente RARO me ver comendo esse tipo de alimento processado, eu não curto mesmo... No máximo um hambúrguer vez ou outra.

25: Qual é a sua comida favorita?

Gente eu sempre respondo uma coisa diferente sempre que me perguntam isso. Gosto de feijão tropeiro, de dobradinha, de mil comidas. Sei lá...

terça-feira, 14 de junho de 2016

Pensamentos Soltos

Pensando aqui...

Naquele sorriso que só ele sabe me dá, daquele jeito leve que só ele sabe ser. Naquele sotaque diferente meio de lá, meio de cá, naquele charme delicioso no modo de falar...

É, só to pensando aqui... 

Nas gargalhadas tão gostosas e cheia de luz, e nas histórias boas de quem sabe o que diz, e aquele jeito bom e terno de acalantar mesmo sem querer...



E fico pensando ainda... 

No jeito que só ele tem de me fazer feliz, no tom mais lindo que vem daquela boca que pra muitos é só mais um barulho qualquer, mas pra mim é a melhor melodia do mundo. 

Sim, não consigo não pensar...

Naqueles olhos que ele tem, naquele jeito que ele tem, naquela alma que ele tem, na beleza que ele tem, na verdade que ele tem. Ao vir até mim e  me fazer tão bem...

To pensando aqui, nas redundâncias dessa saudade doida, dessa vontade tão grande de dizer "vem"! 

sábado, 28 de maio de 2016

Tag da Cíntia

Recebi mais uma Tag de uma leitora na semana passada e vamos que vamos responder. Espero que gostem. Quem quiser enviar perguntas pode enviar pelo email do blog que terei o prazer de responder assim que der. O email: sarah.943@gmail.com. Então vamos lá:

1- Porque vc decidiu ter um Blog ?

Eu escrevo desde criança, sempre aleatoriamente, então um dia um amigo lendo pedaços de coisas que escrevi me deu a ideia de ter um blog. Então criei o Caderno de Sarah e uns anos mais tarde passei ele pro blogger. Como o Caderno tinha basicamente poemas eu criei o Em meu lugar para contar coisas mais pessoais, só meus amigos tinham acesso e tal. Passado um tempo notei que isso só me dava mais trabalho e decidi descontinuar o caderno e fiquei somente com este. 

2- Qual é o seu tema preferido para escrever ?

Não tenho tema preferido, escrevo muito sobre minha vida, muito sobre meus sentimentos, algumas coisas que eu vi ou vivenciei, sobre meu amor também. Tenho textos e mais textos sobre meu amor no blog. rs

3- Vc costuma ter uma fonte de inspiração ou escreve em aleatório ?

Uma pessoa é minha fonte número um de inspiração. Porque eu o amo e simplesmente não consigo não escrever sobre isso. Mesmo quando não posto eu escrevo sobre ele, sobre a gente, sobre o que sinto por ele, etc. Sei que isso é chato pra caralho pras pessoas, mas não posso evitar. E sinceramente nem to ligando pra isso. O que me importa é escrever o que se passa dentro de mim e ponto. De resto vai no aleatório.

4- Qual é a sua profissão ?

Eu sou analista de sistemas. 

5- O que vc gosta de fazer nos fins de semana ?

Gosto de praia. Quando da pra ir to lá. E gosto de estar com as pessoas que amo. Se for na praia então melhor ainda rs

6- Você tem alguma companhia constante ? 

Tenho.

7- Você mora no Rio de Janeiro ?

Moro e amo esse lugar.

8- Quando foi o seu ultimo beijo na boca ? Foi com alguém especial ?

Tem alguns minutos e sim foi com uma pessoa muito especial.

9- Vc costuma dormir fora de casa ?

As vezes durmo sim.

10- Cinco musicas marcantes em toda a sua vida e que você ama escutar. Porque são marcantes ?

Só 5? Vamos lá então. 
- Something do Beatles, porque me lembra o meu pai, me lembra as nossas conversas, nossas brincadeiras e o tempo que passamos juntos nessa vida. 
- Stuck In A Moment You Can't Get Out Of do U2, porque me lembra os meus irmãos, e o amor que nós temos uns pelos outros, aqui é complicado porque tem algumas outras músicas que a gente ama ouvir juntos, mas essa a gente se sente abraçado quando ouve, mesmo a quilômetros de distancia.
- Preta Pretinha dos Novos Baianos, porque me lembra minha mãe, ela tocando no violão com os dedos meio tortos e a gente rindo da barriga doer. Não tem uma só festa que ela não faça isso só pra dar risada. 
- Paradise do Coldplay em par de igualdade com Ali do Skank. Porque me lembra o que é amor de verdade. Amor sem travas, sem amarras, sem julgamento. Amor incondicional sabe? Que mesmo quando ta com raiva continua preocupando? Que se a pessoa pede ajuda você larga a porra toda e vai ajudar. Amor do jeito mais sublime, mais enraizado, meio bagunçado, mas sincero. Um amor com nome, sobrenome e cumplicidade. E vá lá um pouquinho de ciume também rs
- Como você falou 5 e as 5 já foram vou deixar um bônus. Surfando Karmas e DNA do Engenheiros do Hawaii, porque me lembra de olhar pra frente. 

11- Vc costuma festejar quando faz aniversário ?

Não sou uma pessoa que faço um festãoooooo de aniversario não, mas eu sempre comemoro de alguma maneira. Sou muito mais uma pequena comemoração com quem eu amo de verdade do que uma badalação épica sacou? 

12- Qual é o doce que vc come com mais frequência ?

Sorvete, na maioria das vezes de flocos, e como muito chocolate também.

13- Quem ou o Que é o Oliver ?

Eu adorei essa pergunta. O Oliver é o meu jacaré que late. Quando saí de casa eu queria levar alguma coisa que me lembrasse do conforto e da segurança que eu tinha e então trouxe comigo o Oliver. Ele é inanimado, mas eu falo tanto com ele que as vezes acho que ele vai responder rs. Vou colocar uma foto dele aqui. 
Diz oi Oliver! 

14- Quando foi a ultima vez que vc ficou doente ?

Eu to doente. Mas já to cuidando e logo fico boa. 

15- Costuma dormir junto com alguém ?

Não divido quarto com ninguém, se é isso que você quer saber rs. Só durmo junto com alguém quando vou pra casa de alguém ou quando alguém vem pra cá. O que não é todo dia.

16- Homens loiros , morenos , negros ou orientais ? 

Judeus HAHAHA. Brincadeira. Não ligo muito pra isso não, a pessoa tendo um sorriso bonito e tendo uma alma que encanta ta valendo. Meu tipo é sorriso largo e bonito.

17- Se vc pudesse morar em qualquer lugar do mundo , onde seria ?

Nesse momento eu só queria ter meu canto. O lugar mesmo não faz muita diferença. Até gostaria de ter a experiência de morar um tempo fora, mas pra vida mesmo acho que fico no Rio. Gosto daqui.

18- O que vc gostaria de mudar em sua vida ?

Acho que nada. É complicado porque é claro que tem coisas que eu gostaria de mudar, mas o que eu posso fazer e só depende de mim eu já faço. O resto não depende de mim, então é melhor deixar rolar. Então eu até gostaria que meu esforço tivesse resultados mais rápidos, mas isso aí não é uma mudança. A verdade é que sempre que eu quis mudar eu mudei. E estou mudando constantemente.

19- Já teve um grande amor ?

Eu tenho um grande amor. Um amor que não se explica, que não tem motivo, que não tem porque. Um amor que nem procura porquês. Um amor acima da média, coisa de gente doida, que não tem chão, mas também não flutua. Um amor que é concreto e imaginado, um amor que desenha sonhos, historias, momentos, sorrisos, encantos. Um amor que passa por cima dos erros, que desculpas as falhas, que morre de ciúme, mas entende que o que importa mesmo é a felicidade do outro. Um amor que foi construído, que de uma fagulha virou fogaréu, que amansou, mas que tem raízes. Um amor que tem alicerces fortes, que não tem avião, bomba, nada que possa abalar. Nem a raiva, nem a mágoa, nem a distancia. Um amor que é amor a nada e a tudo. Um amor que de tão grande não se mede e que de tão louco não se trata. Um amor que só entende quem ta dentro dele. E que as vezes nem quem ta dentro entende. Um amor que faz o silêncio falar, que faz o brega ser chique, o pobre ser rico, a fantasia ser realidade. Um amor que é melhor que chocolate. Melhor que nutella. Melhor que chocolate com nutella tudo junto. Um amor que é exagerado, engraçado, maluco. Um amor que é único, que eu nunca vi igual, nunca senti igual. Um amor que transforma, multiplica e aflora a cada vez que "olha".

20- O que vc faria com um prêmio milionário da Mega sena ?

Abriria um abrigo. Acho que ia viajar por aí um tanto também. Talvez montasse uma fabrica de sonhos (não os de padaria, mas os de padaria também por que não?) 

Pronto, tudo respondido. Espero que gostem. Beijos e inté a próxima :)

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Profissões de Fé



Acredito que muita gente saiba que eu amo podcasts. Acho uma mídia muito divertida e uma maneira fácil de agregar conhecimento e nos fazer pensar de maneira inteligente. Eu escuto alguns, mas outro dia escrevo um post faltando sobre eles. 

Hoje o objetivo é falar sobre um programa específico o "Profissões de Fé". O Mamilos Podcast da casa do B9, fez um programa sobre religiões e eu simplesmente estou encantada. Neste programa as meninas entrevistaram pessoas de várias religiões diferentes e as fizeram responder dentro de sua fé algumas perguntas. As mesmas perguntas foram feitas para todos os entrevistados e o resultado foi lindo. Clica AQUI para conhecer o Mamilos e se apaixonar por essa preciosidade. 

Enfim, terminei de ouvir e pensei que seria um bom exercício responder as mesmas perguntas realizadas durante o programa por um motivo bem simples, para responde-las eu teria que me questionar mais a fundo do que já me questionei anteriormente. Essas perguntas que parecem muito simples na verdade são bem complicadas, exige um bom conhecimento de si mesmo e de sua fé. Não foi nada, nada fácil respondê-las, mas veja o resultado:


O que é uma vida boa?

Uma vida boa é saber viver dentro do que acredita, é conseguir olhar pra cada momento com carinho e reconhecer que aquilo ali é temporário, é conseguir rir com os acontecimentos, é dar leveza as coisas que pesam. É isso, ser leve e tentar deixar leve aquilo que for pesado. 

O que que é ser bom?

Ser bom é conseguir olhar para o próximo com empatia, é ser solidário, segurar a mão e dizer "vamos eu te ajudo", é si colocar no lugar do próximo e acolher a sua dor. É tratar cada pessoa com respeito e amor.

O que que é família?

Família são laços que a gente cria, ou por nascimento ou por afinidade e amor, família é algo que ultrapassa convenções sociais e na qual o amor superar o laço de sangue. Família é a nossa viga de sustentação, é o que não nos deixa fraquejar, o que nos torna fortes.

Qual é o maior princípio de todos?

Empatia. Você se colocar no lugar da outra pessoa faz com que você enxergue mais longe e faz com que você possa respeitar e/ou ajudar essa pessoa. O respeito ao próximo parece muito simples, mas somos muito egoístas, então com a empatia conseguimos também trabalhar o respeito. E trabalhando empatia e respeito logo alcançaremos o amor, e aí os princípios seriam irrelevantes.

Quem é você?

Eu sou a Sarah, tenho 28 anos e eu não tenho religião. Fui criada na religião católica, mas to mais espirita que católica hoje em dia. Acredito que o que importa é o amor. E tenho respondido quando me perguntam sobre religião que o amor é minha religião. Mas a verdade é que tenho fé, mas sem seguir rigorosamente uma doutrina religiosa.

Da onde viemos?

Nunca me perguntei sobre isso, pois me vejo sempre como criação divina. Acredito que Deus criou todas as coisas inclusive eu, e de lá pra cá tenho evoluído até chegar no que sou hoje. 

Pra onde vamos?

Vamos pra a luz. Acredito que cada um de nós evolui até se tornar um espirito iluminado e repleto de amor. Então é isso, iremos para a luz, depois de trabalhar muito e evoluir bastante. Para essa evolução ser possível temos que vivenciar muitas vidas e aprender com cada uma delas. Acredito completamente na reencarnação. 

E qual o sentido da vida pra você?

O sentido da vida está em evoluir. Viemos para esta vida para plantar coisas novas e ao mesmo tempo corrigir defeitos ou aprender com erros que já cometemos em outra vida. Corrigir e aprender, esse é o sentido da vida.  

Porque que coisas ruins acontecem para pessoas boas? Porque que existe o sofrimento no mundo?

Por causa da evolução do espirito. Eu acredito que todos temos um motivo, ou mais de um motivo para estarmos aqui, e as vezes esse motivo é aprender com algo ruim. Então não necessariamente coisas boas acontecem com pessoas boas, talvez essa pessoa precise aprender com algo ruim. Além disso acredito que temos coisas a aprender também coletivamente, assim uma coisa ruim pode interferir em todo o andamento de uma família, ou cidade e etc... Todo sofrimento é um aprendizado, basta que a gente consiga entender isso. Nada que acontece é por acaso ou em vão.

De que maneira acreditar nessas coisas molda a tua visão de mundo, molda tuas atitudes, molda as tuas escolhas?

Eu consigo rir da vida, consigo lidar bem com situações difíceis, e tento diariamente lembrar que tudo é transitório. Isso faz com que eu viva com esperança. E esperança é um sentimento que pode mudar o mundo.

O que é que seria diferente nas suas escolhas, no teu comportamento, na tua vida, se você não tivesse essa crença?

Não sei dizer. Porque como não tenho uma religião com doutrina específica eu acabo tendo uma liberdade que outras pessoas não tem. Acredito que o que importa é ter esperança e não sei como seria isso se eu estivesse dentro de uma doutrina com dogmas e regras específicas. 

Como que a tua fé interfere na sociedade? Como que as coisas que você acredita interferem pra gente viver numa sociedade melhor?

Acho que se todo mundo soubesse que tudo passa, teria mais esperança na vida. Talvez olhasse para as pessoas com mais amor, sem muitos julgamentos. Talvez as pessoas se ajudassem mais. 

Foram essas as perguntas e eu acredito que não fui muito clara nas minhas respostas, mas valeu pro meu conhecimento. Até a próxima....

domingo, 22 de maio de 2016

Soneto da Melhor Melodia






Ele.
Aquele que tem um jeito manso de se aproximar
Que é intenso no jeito de amar
Que é explosivo quando a raiva insiste em brotar

Aquele que tem um verso em cada letra que fala
Que sabe surpreender também quando cala
Que enxerga mais longe quando quer te tomar
Que te toma, te arrebate, te transforma só de olhar

Ele que nasceu pra ser muitos
Ele que de muitos é todos
Ele que pra mim é o único

Ele que planta alegria
Ele que remexe meu dia
Ele, minha melhor melodia.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Tags Disney e Felicidade

Então vamos lá! Eu ia esperar mais uns dias pra postar as outras duas Tags que recebi, massss, como ontem eu já respondi mesmo, vou postar pra vocês aqui. Desde já agradeço a participação especial do senhor melhor que que chocolate... ops! Marcelo. 

Como as duas não são grandes como a primeira vou posta-las juntas. 

Tag Disney

1. Qual é seu filme favorito da Disney?

Alice no País das Maravilhas, o desenho, o filme acho fraco.

2. Quem é seu herói ou protagonista favorito e porquê?

A Alice, porque ela é super curiosa e faz questionamentos sobre seus momentos de um jeito bem legal. Me identifico.

3. Quem é o seu vilão favorito e porque?

(Eu não lembro da gente ter respondido essa, acho que eu saltei rs)  A Rainha de Copas por ser meio louca.

4. Um filme da Disney que merecia mais destaque

Wall-e e Up altas aventuras

5. Uma cena de qualquer filme da Disney que você gostaria de viver

A cena em que o Dumbo perde a pena mágica, mas mesmo assim consegue voar.

6. Qual é a sua música favorita da Disney?

Hakuna Matata (resposta compartilhada por afinidade infinita com o Marcelo :)) 

7. Que tipo de filme você prefere, animação 2d ou 3d?

Tanto faz. 

8. Qual foi seu primeiro filme da Disney?

Dumbo

9. Qual a sua frase ou citação favorita da Disney?

Perigo? HAHAHAHA Eu rio na cara do Perigo - Simba, em O Rei Leão

10. Algum filme da Disney já assustou você quando criança?

O Rei Leão me deixava meio nervosa, tinha um certo medo do Scar (mais uma resposta com corpaticipação do Marcelo.). E O Cão e a Raposa.


Próxima Tag? Vamos lá: 


Tag da Felicidade

1.O que você gosta de fazer quando está sozinha?

Escrever

2. O que você gosta de fazer com outras pessoas? (família, amigos, namorados)

Dar risada, ta junto ( Como o Marcelo respondeu gargalhar, fica aqui a participação especial mencionada :p) 

3. Pequenas coisas que te faziam feliz na infância?

Quando eu podia dormir com meu pai e ele fazia cafuné. Eu ficava super quietinha porque se eu me mexesse ele parava. rs

4. Uma coisa que te deixou feliz essa semana.

Ficar de papo com o meu Xodó (olha a coparticipação aqui :p) 

5. Uma comida que te deixa feliz. (doce ou salgada)

Sorvete e chocolate 

6. Cite três coisas que te deixam muito feliz.

Estar com a minha família porque eles estão longe então eu gosto muito quando estou com eles, estar com meu Xodó porque nem sempre isso é possível também e conseguir alcançar as metas que eu coloco, sendo pessoais ou não (essa ultima compartilhada com o Marcelo novamente) 
  
7. Complete: felicidade é...

Você estar satisfeito com você mesmo e com o que está ao seu redor.
(Porque a gente no fundo até que se parece um pouquinho né? Como eu disse, o que importa entre as nossas diferenças são as nossas semelhanças, e essa última resposta é só o complemento de algo que vivemos diariamente, a cumplicidade. Obrigada por responder essas perguntas tão bobas que no fim nos trouxe mais pra perto e com muitas risadas. Porque isso que importa, rir com você. Pra variar meu agradecimento ficou maior que a resposta.) 

Então é isso, tags respondidas. Espero que todos gostem. 
Beijos de queijo e até a próxima!

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Tag: Só Uma Palavra

Recebi mais um email com tags. Três pra ser mais exata, e decidi que irei posta-las em momentos diferentes para não ter muita coisa pra responder e pra não ficar muito chato pra quem porventura vir a ler.

Essa Tag pelo que entendi deve ser respondida com uma palavra. Bem se vê que a pessoa que me enviou não me conhece, já que eu falo pra caramba. Mas vou tentar não extrapolar demais ok? Então vamos nessa...

Tag: Só uma palavra

1. Onde está seu celular?

Na mesa

2. Seu parceiro?

Oliver

3. Seu cabelo?

Bagunçado

4. Sua mãe?

Comédia

5. Seu pai?

Saudade

6. Seu objeto preferido?

Caderno

7. Seu sonho da noite passada?

Proibido

8. Sua bebida predileta?

Tequila ou Suco

9. O carro dos seus sonhos?

Que ande... rs

10. O quarto onde você está nesse momento?

Ih não to no quarto não

11. Seu ex?

Amigo

12. Seu medo?

Altura, apesar que nos últimos tempos o medo de perder esteja muito maior.

13. O que você deseja ser em 10 anos?

Sei lá. Quero ser mãe, mas não em 10 anos. Quero ser mãe, tipo daqui uns 2 anos rs

14. Com quem você passou a noite passada?

Oliver

15. O que você não é?

Impaciente

16. O você fez por ultimo?

Isso seria a ultima coisa que eu fiz? Respondi a sua pergunta.

17. O que você está usando?

Roupas

18. Livro predileto?

Não tenho

19. A ultima coisa que você comeu?

Banana

20. Sua vida?

Minha

21. Seu humor?

Ótimo

22. Seus amigos?

Maravilhosos

23. Em que você está pensando nesse momento?

Proibido

24. O que você esta fazendo nesse momento?

Respondendo essas perguntas rs

25. Seu verão?

Ótimo

26. O que está passando na sua TV?

Não sei

27. Quando você sorriu pela ultima vez?

Agora 

28. Quando você chorou pela ultima vez?

Ontem a noite

29. Escola?

Foi uma época divertida

30. O que você esta escutando nesse momento?

David Bowie

31. Atividade predileta dos finais de semana?

Praia

32. Profissão dos seus sonhos?

Ih! Fico entre empreender e escrever.

33. Seu computador?

Velho

34. Do lado de fora da sua janela?

Sol :)

35. Cerveja?

Não sendo Itaipava desce qualquer uma. 

36. Comida mexicana?

Adoro

37. Inverno?

Bão

38. Religião?

Amor

39. Ferias?

Não tenho férias desde 2013.

40. Em cima da sua cama?

Conforto

41. Amor?

Melhor coisa da vida


Ih a até que não fui tão mal né? Achei divertida a Tag, bobinha, mas divertida. É isso aí meu povo, tag respondida, querendo mais só enviar que uma hora respondo.

Beijos de queijo e inté a próxima...

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Olhar




"Você pode até dizer que não entendeu o que eu disse. Mas jamais poderá dizer que não entendeu como eu te olhei." (Pe.  Fábio de Melo)




Olhar. Algumas lendas antigas colocam esse verbo em evidência quando se trata de amor. E confesso que não a nada melhor no mundo do que me sentir olhada.
Ele estava parado ali me olhando como sempre, não percebi seu jeito atento e atencioso com que perguntava coisas bobas ao meu respeito. Tava um friooooo...
Ele chegou bem perto de mim e me colocou no peito. "Vem cá amor eu te esquento". Se existia qualquer coisa além daquele momento eu não me lembro. Éramos só nós dois, fazendo vários nadas juntos. Éramos só nós dois ali, mais uma vez, naquele nosso cantinho onde o mundo inteiro ficava lá do lado de fora.
Se tem algo nele que posso compartilhar sem medo algum, é o fato de ele sempre dar um jeito de transformar o comum em raro. É sublime esse dom de transformar sorrisos. Ah e o amor que ele tem consigo? É algo tão bonito e às vezes tão escondido, mas ele ama viu? E ama muito... E ama muita coisa... 
Era uma noite linda, como quase todas em que estivemos juntos, porém tinha algo de diferente. Não, não era a lua. Era algo nele, tava ali, no jeito dele, na maneira como ele olhava tudo. Na maneira como ele me olhava. 
E como olha esse menino... E como olho esse menino... 
A realidade é que nessa noite nossos olhos se encontraram como nunca antes, enquanto que o mundo todo se fechava em sono. 

Obs.: Texto do projeto "Ali", para ver os demais textos e/ou continuação do diário/historia clique aqui!

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Tag da Rafaela

Recebi um email a uns dias com uma sugestão para o blog. Segue o email:

oi sarah meu nome é rafaela tenho 23 anos e eu sou de São Paulo. sou sua leitora desde 2013 e amo tudo que vc escreve. amava o clube das neuróticas, pq vcs ñ escrevem mais lá? comentei poucas vzs, mas gostaria que soubesse que leio sempre. to te enviando este mail para dar uma sugestão. gostaria de saber um pouco mais do seu cotidiano e acho que outras pessoas que acompanham os seus blogs tb tem essa curiosidade. Vi outro dia em um outro blog que leio uma tag com algumas perguntas e a autora do blog respondia. Vc podia responder essas tags o que acha? Assim qm te lê te conhece um pouco melhor sem invadir a sua privacidade.
Além disso tenho uma curiosidade. Com que frequencia vc escreve? Vc escreve só no blog? Que tipo de coisa vc mais gosta de escrever? Quais são seus autores preferidos? Vc tem um livro preferido?
beijos.
rafa.

Já respondi a Rafaela o email que ela mandou, porém achei interessante a observação dela sobre "me conhecer melhor", e por isso resolvi responder as perguntas dela aqui no blog e falar sobre o que acho a respeito disso.

Eu acho interessante e assim como todo mundo tenho curiosidade de saber mais sobre os autores que eu gosto, acho natural e entendo mesmo. Provavelmente se fosse a um tempo atrás eu responderia de boas sobre qualquer pergunta a meu respeito, porém hoje eu entendo que existem coisas que devem ser ditas, outras que não tem problema ser ditas e coisas que não devem ser ditas.

No Clube das Neuróticas eu recebia muitos emails e mensagens no facebook. Eram muitas questões pessoais que a meninas e principalmente (pasmem) os meninos gostariam de saber. Eram milhões de dúvidas que todos tinham e eu fazia questão de responder todas as perguntas. Sobre a minha vida? Não. Sempre tive o cuidado de responder somente aquilo que não me colocava direto na reta das especulações. Aqui no Em meu Lugar já recebi alguns emails pedindo tags, mas nunca fiz porque minha criatividade tem limite. Mas fica o desafio pra vocês, mandem as perguntas que eu faço as tags vez ou outra ok? Mas não inventa isso de vídeo porque eu não sou youtuber e não tenho menor saco pra editar vídeo.

Sobre o Clube das Neuróticas eu o descontinuei, pode ser que eu volte, pode ser que não, veremos... Mas o motivo foi só um, falta de tempo pra dar atenção. Aqui eu escrevo sem regras, sem obrigação, já no Clube me exigia uma continuidade, fora os emails que eu recebia todo dia. Muita coisa pra administrar...

Agora vamos as perguntas da Rafaela:

1 . Com que frequência você escreve?

Eu escrevo todo dia. Eu escrevia muito mais, mas hoje escrevo cerca de uma vez por dia.

2. Você escreve só no blog?

Eu não posto todo dia, logo, não escrevo só pro blog. Eu posto no blog 2 a cada 10 coisas que escrevo mais ou menos. O que tento fazer na verdade é escrever textos diretamente para o blog, em vez de pegar um texto que já existe. Mas acontece algumas poucas vezes de postar um texto escrito a mais tempo.

3. Que tipo de coisa você mais gosta de escrever?

Eu não entendi muito bem a pergunta, não sei se é tipo de texto, ou método de escrita, mas enfim, vou tentar responder. Eu gosto de poesia em texto, alguns chamam de poema dissertativo. Gosto disso porque meu método de escrita é escrever. Eu não tenho um ritual, ou penso no que vou escrever com antecedência, nada disso. Escrevo uma palavra que vira frase que vira parágrafo que vira texto. Simples assim. Não sou escritora né?

4. Quais são seus autores preferidos?

Eu gosto muito de ler, logo leio muito, não tenho favoritos, mas tem sempre uns que mexe um pouquinho mais com a gente. De poesia eu amo ler Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade e Pablo Neruda. Gosto de outros também, mas vou deixar esses 3 por serem muito especiais pra mim. Autores de romance gosto de Fernando Sabino, Bernard Cornwell que escreve romance de aventura e Gabriel Garcia Marquez. Gosto do jeito que o José Saramago escreve também.

5. Você tem um livro preferido?

Já tive, hoje não tenho. Tenho personagens preferidos. Amo a Alice do Alice no País das Maravilhas, amo o Dom Quixote, amo o Rei Arthur. Amo biografias. Biografias bem escritas são ótimas. Mas um livro que eu goste acima de todos, hoje em dia não tenho não.

É isso então... Se quiserem mais tags é só mandar... Beijos e inté mais ver...

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Pensamentos


Fiquei pensando em nossas palavras, e como elas ecoam por aí de forma tão leve que passa pelo ar até contemplar estrelas.
Fiquei pensando no tempo que não passa ao ouvir cada som vindo de ti, e dos segundos que se eternizam no silêncio que sua ausência traz.
Fiquei pensando nesse arrepio quente que passa por cada centímetro de pele quando vem aquele som gostoso do coração pulsando.
Fiquei pensando no som do "até logo" com um q de "quero ficar" que vem do som dos olhos fechando de sono.
Fiquei pensando nas metas de nada que não deveriam ser colocadas, mas que né? Porque não?
Fiquei pensando no chiado que passa despercebido, totalmente coberto pelo som da voz que adoro.
Fiquei pensando na sensação gostosa e terna de que posso contigo falar sobre qualquer coisa.
Fiquei pensando no carinho que cada risada, cada piada e cada pirraça traz pra nós dois.
Fiquei pensando no tempo que ta ali passando, mas que pra gente parece que não existe mais.
Fiquei pensando em tudo isso, e simplesmente não encontro argumentos, contrapontos, ou nada que justifique esse sentimento.
Fiquei assim pensando na gente, sabe?

terça-feira, 12 de abril de 2016

Nota




É uma nota, apenas uma nota no celular. Essa nota é um lembrete bem simples e escrita pra ser isso mesmo, simples e completamente clara.
Quando a ler pense que talvez eu não saiba o que dizer, pra variar eu nunca sei mesmo. 
Mas vamos lá. Uma nota. Então anote e note que cada palavra colocada aqui é uma forma direta de demonstrar amor. 
Ah a arrogância daqueles que querem ser perfeitos, vamos acordar pra o que é real? Não somos, e graças a Deus não somos perfeitos. Não quero ser, e sei muito bem que você também não suporta essa busca retardada por perfeição. Então que se dane vamos lá, vamos ser imperfeitos mesmo, e imperfeitos cometem erros, fazem e falam mil besteiras, irritam, e às vezes até machucam. 
E vez ou outra não é isso que faremos? Besteira? Você, eu o mundo e quer saber? Que se dane todo mundo eu só quero consertar sempre e pra sempre cada dor causada por mim, e por mais que gostaria de corrigir e consertar tudo de ruim no mundo (e você sabe que eu adoraria assim fazer), o que me importa acima de todo esse desejo de paz e amor espalhado pelo mundo é o seu amor. É ser melhor pro seu amor. Não quero nada além do seu amor sincero e cheio de pequenas explosões, você é tão teimoso, então por favor, por favor teime em amar uma imperfeita que precisa tanto de você. 
Olha eu preciso mesmo, porque de cada pequeno detalhe de uma pequena lembrança sua eu já começo a sorrir. O que seria de mim se não tivesse na minha vida a presença do seu sorriso? Note nessa nota mal escrita que nada mais é que um breve agradecimento ao dia que conheceu o maior amor que alguém pode ter. Em par de igualdade eu poderia amar sem me importar? Mas eu te fiz importante dentro de mim e agora não consigo notar o mundo sem as cores que você traz. Se me perguntarem o que gosto de ganhar eu responderei prontamente "o sorriso dele". Seu sorriso, como alguém além de você pode me dar seu sorriso? 
Então note, isso não são desculpas pra te conquistar, é só uma nota no meu celular. Essa nota não é mais que um lembrete de que o que importa acima de todas as outras coisas é você. E o quanto o amo. E o quanto amo amar você. Eu te juro que estarei aqui olhando atentamente cada detalhe seu. Sempre.

Ocorreu um erro neste gadget