terça-feira, 8 de outubro de 2013

Eu Acredito no Amor Amor!



Eu acredito no amor amor, aquele feito do amor para o amor. Aquele que não é egoísta, egocêntrico e hipócrita. Esse é a confusão de amor e não amor. Eu acredito no amar só por amar. Na mais pura forma de amor, na única forma de amor real. A verdadeira. Amor a nada, amor a tudo. Amor ao amor! E eu acredito porque ele existe! Umas das únicas certezas que tenho é que irei amar como amo hoje, por hoje, por amanhã e daqui a 50 anos. Por essa e pelas próximas vidas... Porque é o que eu sou. Eu sou amor!

ps.: Lembrei da música dos Novos Baianos, então vou compartilhar...  "Antes de você ser eu sou... eu sou amor da cabeça aos pés!"♫

ps.2: Isso foi só a resposta de uma pergunta que me fizeram hoje.

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Sapatos


Estou afim de desenhar sapatos. Não sei mais desenhar nada, mas me veio a súbita ideia irracional (se é que isso existe) de desenhar sapatos. Talvez por ter certeza que não seriam bons desenhos acho melhor não fazê-los.
Sou quase sempre, eu diria até que a todo instante, dominada por ideias que dizem ser idiotas. Como por exemplo, passear pelo trilho do bonde de Santa Teresa, ou cuspi de cima do arcos.
Dominada por uma vontade quase absurda sou acordada pelo telefone tocando, ou por algum ser humano falando ao meu lado. Volto pra realidade no exato momento do cuspe.
Acho que é meio assim né? Como desenhar sapatos. Procurar sentidos (ou sentimentos) que já não servem pra nada. Que já não existem. Sapatos. Nem sou muito fã deles.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Ta bom

Não deixa... 

Ta bom
Deixa eu voltar a fingir que não sinto mais nada
Deixa eu mentir pra mim que não sinto sua falta
Deixa eu dizer por aí que não me importo
Deixa que eu finja o quanto for necessário
Deixa eu apagar todos os traços que me lembram você
Deixa eu esconder os textos que são tão seus
Deixa eu te esconder no meu sorriso
Deixa eu fingir que esse brilho no olho não tem seu nome
Deixa que eu minta e apague seu rastro
Deixa que eu finja que não quero correr pra você

Ta bom
Vou voltar a fingir que você não é nada...
...até que mais alguma coisa me lembre que você é tudo.

E é tudo...

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Sem sentido

Dumbo: era diferente, mas sabia voar!

As vezes quando acordamos vemos que tudo está ali, do mesmo jeito. Mas aí a gente vê tudo de maneira contraria e contraditoriamente exposta de forma tão diferente do igual de dez segundos atrás. É impressionante como um acontecimento, ou uma palavra ou só o vento na cortina pode mudar nosso rumo, nosso tempo, nossa vida. E como do nada você começa a prestar mais atenção no ar que entra no seu pulmão sem nenhuma dificuldade e você observa o detalhe de cada coisa como uma criança que acabou de nascer e que acha tudo novidade. Aquele mesmo ar, o mesmo vento na mesma cortina que de repente te lembra da sua existência, da sua vida. E é claro, como quando vamos mergulhar e perdemos o ar e voltamos pra superfície pra respirar. É claro como quando vemos uma criança toda pintada com a maquiagem cara da mãe e não conseguimos, simplesmente, não conseguimos não rir da sapequice dela. Estamos vivos, carregamos dores, mágoas, sorrisos, vida. E de repente algo nos faz analisar toda nossa prepotência, nosso ego e nossa arrogância, seria lindo se não fossemos tão defeituosos. Talvez se eu fosse metodicamente igual ao resto do mundo tudo fosse mais fácil, mas eu, bem eu escolhi ser diferente. Eu escolhi sem querer ter o cabelo bagunçado, a roupa de qualquer jeito, o batom vermelho e o cheiro raro. Eu sou o que quero ser, mas por que? Se o que quero é querer ser o que são todas as coisas que compõe o mundo. Mundo esse que costumo dizer estar cagado de vaca. Mas não, o que caga o mundo é essa igualdade desigual entre os seres, em que somos todos muito ruins para conviver com todos. Mas eu, eu sou diferente. E por isso vivo. E só vivo, falando, fazendo e vivendo coisas sem sentido. Assim como esse texto.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Soneto do Escritor Do(r)ente


E no dia do escritor
o que escrevo está cortado,
meio sem tom de amor,
meio em tom de nada.

Hoje, dia do escritor
eu escrevo errado,
meio sem rumo ou chão,
meio sem nada montado.

Hoje escrevo pro norte, pro sul e pro... nada.
Hoje escrevo recortes de frases inacabadas
Hoje escrevo a vida que sem perceber segue sozinha

Hoje escrevo a morte que chega sempre mudando tudo
Hoje é o dia do escritor e eu só escrevo
Enquanto espero que a minha dor se dissipe por inteiro.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Porque nada que se pode esperar
pode ser posto como um imposto atributo
espetacular seria o clarão
de seus olhos ao raiar o dia
De cada ponto do teu corpo
feito de imaginação e sonho
colocado assim entre meus
dedos que arrepiam
e de nada além do que lembranças
esquecidas de um momento não vivido
feito de sorrisos iluminados
de amigo ainda não vistos
E por maior que seja a saudade real
verdadeiro amor se construindo no tempo
e o tempo passa e passa e passa
e o amor fica, se cala, mas fica!

ps.: gosto quando o meu sentido parece não ter sentido!

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Pluma


Não sei se exagerei, se errei, se to certa demais, sei lá o que ta rolando! Esse meu blog tem alguns anos e poucas historias, não sei se porque sou muito confusa ou porque as vezes é demais simplesmente expor coisas pra que qualquer um veja. Ta tudo tão complicado agora. Eu acordo pela manhã e vejo meu dia passar e parece que não foi nada, conheço uma duzia de novas pessoas e elas não são ninguém. E coisas que alguns diriam ser boas acontece e outras que são tão ruins desabam dentro desse mundo que definitivamente não me pertence. To perdida, ta tudo tão errado. Tanta coisa ruim de uma vez que as vezes eu só penso: "calma Sarah ta indo, vai passar!" A minha vontade é enfiar na minha mochila meia duzia de roupas comuns e fugir, mas é impossível fugir de mim mesma e aí! Já era!

Tanta historia, tanta vida, tanta coisa, tudo aqui, acontecendo ao redor de mim e eu mesma, nada. Não sou uma pessoa triste eu acho, eu só não sou. Ta tudo vazio desde aquela noite, ou devo dizer desde aquele dia, alguns dias antes da noite. Ta faltando um pedaço, um espaço vazio. E esse espaço sendo ocupado por problemas e dores que já não me cabem sentir. Não sei pra onde, não sei quando e nem sei. Eu ouvi de uma pessoa num contexto tão completamente oposto a minha vida uma coisa que se encaixa aqui dentro e que acabo por usar pra confortar meu medo.

"Às vezes a gente se sente, pra citar aquela ópera, como uma pluma ao vento. Depois de alguns voos divertidos, a subordinação aos caprichos das correntes de ar pode ser um saco! Quando o vento parece estar nos levando na direção contrária aos nossos desejos, é bom lembrar que a distância pode aproximar." (Humberto Gessinger)

E no meio de tudo meu amor meu salva dessa selva estúpida.

domingo, 23 de junho de 2013

Lista de aniversário!

Todo ano faço lista de presentes com o foco no meu aniversário e o objetivo é, além de dar a oportunidade da galera acertar no presente, eu posso sonhar com presentes que sei que são impossíveis, mas que seria massa ter. Como conheço muitos seres diferentes e cheios de luz, como fadas, anjos, além de bruxas, duendes e humanos, fiz uma lista que da pra todo mundo e de todos os mundos:

- Sorrisos
- Um fusca
- Bloquinhos
- Canetas
- Canecas
- Ver o Marcelo (falando, cantando, sorrindo)
- Um carinho do meu xodó.
- Viagem pra lua
- Ir para o País das Maravilhas
- Ver o Marcelo cantando Paradise e Ali, ou Ali e Paradise (a ordem dos fatores não altera o presente)
- Uma maquina do tempo ( a minha escangalhou)
- Ir num lugar que nunca fui
- Sorvete de Flocos 
- M&Ms
- Sapatilhas
- Batons 
- Doce de coco
- Torta de Amora ( já comi todas no jantar) 
- Menos 3 kg (só falta isso)
- Maquina de engostosuramento ( pq correr todo dia ta cansando)
- Almofadas
- Disposição
- Viagem pra Disney
- Viagem pro Japão
- Livros
- Uma casa (mobiliada ta?)
- Vestidos 
- Abraços 
- Amor
- Gritar de cima de um prédio bem alto
- Dançar na rua
- Chapéu 
- Lenços 
- Bichos de pelúcia
- Chocolate
- Lápis de cor
- Simplicidade 
- Colcha de retalho
- Dividir meus momentos com meu xodó
- Bolsas
- Adesivos
- Violão
- Objetos engraçados
- Camisetas
- Arroz Doce
- Brincar na praia
- Pulseiras
- Brincos
- Anéis
- Botas
- Tempo
- Folhas
- Cartão de crédito Ilimitado! (e alguém pra pagar... hahaha)
- O porco do Pink Floyd
- Coleção de discos do Beatles
- Uma mansão no céu
- Felizes para sempre
- Jaquetas
- Camisa do Atlético - MG
- Camisa da McLaren
- Camisa do Corinthians
- Dinheiro
- Mochilas
- Ingresso pra F1
- Um mundo de conto de fadas
- O amor do  Marcelo meu xodó
- Meu xodó

Isso só pro aniversário, então corre que já é terça feira!



quarta-feira, 12 de junho de 2013

Nossa Historia

Você
Eu
Saudade
Muro
Verso
Poema
Brinquedo
Brincadeira
Baleiês
Língua do P
Comida
Boneco de Palito
Dona Maria
Seu Zé
Ginosaji
Oxunazé Ungázé
Jupiratã
8º Andar
Tibum
Ou chuá
Ou splash
Ou sei la
O Rei Leão
Nemo
Sorvete de flocos
Soneto de Rapadura
Ciume
Raiva
Paixão
Ciume de novo
Avião no Acre
Socos no travesseiro
TUM TUM TUM
Carinho
Castanho
Verde
Propaganda
TPM
Abraço na alma
Cuidado
Bronca
Xodó
Pekenininha
Paradise
Ali
Músicas
Traz uma caneca
Tempo
Adeus
Oi
Boo
Briga
Sonho
Decepção
Mais carinho
Mais poemas
Perdão
Fantasia
Preocupação
Ano 3000
Ééééé sou Ninja \o/
Ééééé sou Boba \o/
Praia
Afinidade
Sintonia
Te devoro
Sorrisos
Lágrimas
E mais sorrisos
Apoio
Gargalhada
Palhaçada
Japabaiano
Disney
Itália
Violão
Heitor
Aline
Mandioca
Pimenta
Cozinha
Lembrança
Olhaaa
Necessidade
Mais saudade
Sariar
Declaração
Vontade
Amizade
Mais carinho
E mais sorrisos
E muito amor
E mais amor
E só amor...
Não necessariamente nessa ondem.



Ps.: Coloquei isso tudo e ainda acho que esqueci algumas coisas...

terça-feira, 11 de junho de 2013

As Melhores Coisas do Mundo: Outras Frequências e Eu Que Não Amo Você

Eu tenho muitas manias chatas, mas eu adoro uma delas, eu tenho mania de listas. E hoje vim colocar mais um item na minha lista de melhores coisas do mundo. E o que entra nessa lista são duas músicas, uma bonitinha e outra triste, mas ambas muito muito muito boas. Uma descreve bem o que sinto e a outra como estou me sentindo... Uma é puro amor bonitinho e a outra é puro amor e saudade. Então quem entra para as melhores coisas do mundo são:

Outras Frequências - Engenheiros do Hawaii
"Se fosse fácil achar o caminho das pedras, tantas pedras no caminho não seria ruim"

Eu que não amo você - Engenheiros do Hawaii
"Eu que não bebo pedi um conhaque pra enfrentar o inverno, que entra pela porta que você deixou aberta ao sair"

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Então sonhei...


Vim pra contar um sonho, tive contigo e com o meu pai, sonho desses malucos sabe? Mas com inicio, meio e fim.

Dormi, assim que dormi acordei no sonho, meu pai estava encostado na ponta da cama e me olhava ali. Tomei um susto, e me sentei na cama, ele se sentou perto de mim, me olhou nos olhos e pegou minha mão, disse que sim, ele estava ali. Nesse momento me lembrei das nossas tantas conversas a respeito dos sonhos e em como eles podem não ser simples sonhos e agradeci. Era ele ali que veio me acalantar mais uma vez. Me abraçou e me deu uma bronca, disse que tenho que dormir, que não posso mais deixar que a insonia me ganhe, que vou adoecer em breve se continuar assim, estava zangado. Disse que tenho que vigiar, pois sempre vai ter alguém que me quer mal, disse que era pra eu não me preocupar que eu sempre iria sorrir, e disse que eu tinha razão, que você me amava. Eu sorri triste por saber que isso não bastava. Ele me mandou voltar a dormir e disse que ficaria ali até que o sono me levasse, cantou pra mim e eu dormi.

Dormi, assim que dormi acordei no sonho, você estava gargalhando de me ver dormir. Tomei um susto e sentei na cama, você me segurou e disse "Calma pequenininha foi só um sonho", era só um sonho aquilo também, mas não importava, você estava ali. Perguntei do que tava rindo e você disse que eu falava dormindo, me contou que nada, absolutamente nada que eu estava dizendo fazia sentido. Eu ri e disse "É que em sonho eu falo em outra língua", você riu como sempre e disse que estava cansado, precisa dormir. Então passou a mão no meu rosto, me beijou e disse "vamos dormir, não da pra ficar acordado tanto tempo, vamos acabar doentes assim", eu ri, meu pai tinha dito a mesma coisa no sonho em que você me acordou. E pronto, você deitou reclamando do frio, me colocou no seu colo e eu acordei.

Agora com o coração cheio de saudade eu quero dormir e te ver de novo...

quarta-feira, 5 de junho de 2013


...e de repente
            Nada.

E até no meu nada você é tudo pra mim! 








Ps.: esse tem mais verdade que o anterior...

...e de repente
         Nada.

Engraçado...
         Em meu nada você é tudo pra mim...



segunda-feira, 27 de maio de 2013

Turvos

Mais amor para mais amor
mais amor para mais tudo
mais tudo para mais amor
contido em seu sorriso mudo!

Mais amor para mais amor
mais amor para menos dor
menos dor para mais amor
mantido em meu coração surdo!

Mais amor para mais amor
mais amor para mais eu
mais eu para mais amor
esquecido nesse muro escuro!

Mais amor para mais amor
mais amor para mais você
mais você para mais amor
gravado nos meus olhos turvos!

Coisas que eu Li: Voltei

Olá meu povo... Então, li um livro muito legal chamado Voltei e resolvi vir contar pra vocês o que eu achei. O livro conta a historia da morte, isso mesmo da morte de um homem. As suas experiências com a passagem, viagem, ou sei la que nome vocês gostam de dar pra isso.

O livro é espirita e conta a historia do Irmão Jacob. Gostei especialmente da viagem dele e de outros espíritos para o outro mundo. Foi incrível, porque ele descreve bem cada sensação, cada medo, cada detalhe de como é essa passagem que sim, é dolorosa. Conta também como é cansativo. Descreve o nosso apego ao mundo em que vivemos e da energia que as pessoas que ficam passam pra gente. 

O livro é muito bom e tira muitas dúvidas que temos sobre a morte. Livro do Chico Xavier que merece muito ser lido. E tenho uma noticia legal pra quem quiser ler esse livro, eu estou presenteado meu exemplar. Então se você quiser entra em contato comigo. O primeiro que entrar em contato ganha o livro. ;)

segunda-feira, 20 de maio de 2013


Todos que observam o castanho dos meus olhos, enxergam o verde dos seus...

[fragmento de um conto]

segunda-feira, 6 de maio de 2013

...

Observo as pessoas que estão a minha volta, rodeada de sorrisos forçados ou imposto por um boa educação. E mesmo assim não estou sorrindo. E daí vejo o céu que hoje amanheceu cinza e choroso e percebo que meu humor o acompanhou de forma tão sutil e abstrata que quem vê de fora quase não percebe minha preocupação. "Só to séria", respondo. O que poderia dizer? Como poderia explicar estar preocupada e chateada... Você não sabe como o mundo fica triste quando você não sorri, não imagina como faz falta a sua alegria, seu entusiamo e a sua loucura sutilmente "normal" que ilumina tudo. Quando te disse que só sua lembrança já me faz feliz, não menti, não exagerei. Suas piadas bem feitas, suas respostas inteligentes e divertidas, são colaborações reais para a minha felicidade, para a alegria e felicidade do mundo. Mas daí você fica triste. E de minha parte, é ver o cinza do mundo cobrindo tudo porque você está triste, e a impotência de não poder te abraçar e dizer que vai ficar tudo bem, que vai passar. A impotência  de não ser capaz de fazer passar, de não poder arrancar essa dor do teu peito e não poder secar suas lágrimas. Porque sim você é parte essencial de mim, incondicionalmente. E acredite eu mudaria o mundo pra te ver sorrir. Eu mudaria tudo pra te ver feliz.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Reticências

Por isso eu GRITO!!!

A gente costuma dizer que coração não escolhe, mas estamos errados. Sim, nós não escolhemos, quem escolhe é ele, o nosso coração. Ele decide quem entra e quem fica de fora. Mesmo quando não concordamos com ele.
Meu coração escolheu você, nunca entendi bem os motivos de ser você, mas como é impossível entender o coração, não preciso buscar porquês. Simplesmente você esta aqui e pronto. De todas as pessoas do mundo foi você quem ficou, mesmo com todas as diferenças, mesmo com o muro levantado, mesmo com toda a distancia imposta. E aí vieram os erros, as falhas, as brigas entre a razão e a emoção, entre o querer e o sentir.
E hoje, mesmo sabendo que não estou no seu coração, estou feliz. Como posso estar triste e feliz ao mesmo tempo é algo que nem eu consigo entender. Não saber o que dizer, não saber o que fazer, chorar e ainda assim estar bem. Eu estou feliz e sou feliz por um precioso motivo, de todas as pessoas do mundo, de todos que meu coração poderia escolher, ele escolheu o melhor, mais bonito, mais fascinante e encantador dos seres humanos.
Ele escolheu você e obrigou a minha razão a ama-lo. Amar de maneira única e singular, de maneira que nunca poderia imaginar possível.
E por isso eu agradeço, agradeço pelo amor que está no meu coração, pelo carinho que sinto por você, e mais ainda por saber que ele é de graça e imenso. Muito obrigada a você por ter entrado aqui dentro. Te amo!


sexta-feira, 19 de abril de 2013

Único

Você é o único que me faz sorrir sem motivo. O único que me inspira, que cuida de mim, que se importa. Só você lê meus pensamentos e adivinha meus sonhos. O único que fala minha língua, só você entende meus medos, mesmo quando não parece entender. É o único que me faz não querer desistir e o único que me faz insistir. Você é o único com que tenho certeza que sou chata e mesmo tentando muito não consigo deixar de ser (Dicupa :/ ...). Só você entrou no meu coração como se fosse seu próprio coração, ligou a TV, estendeu a rede e tomou conta de tudo, mesmo sem querer. Você é único com quem quero acertar sempre, o único que quero fazer feliz. Só você e pra você eu quero olhar, cuidar, acalantar. Você é o único que me da atenção nas coisas mais bestas, o único que ri das minhas piadas mais bobas e sem graça. Só você tem personagens apaixonantes, você é o único que me conta historias tão empolgantes. Você é o único que quero por perto o tempo todo e o único pra quem quero contar minhas coisas. Só você consegue me mostrar meus erros e só você consegue me mostrar quem posso ser. O único que com um "oi" ou um "boo" me faz feliz. O único que só de lembrar me faz sorrir. Só você entra na minha loucura, só você participa de mim. Você é o único que me faz escrever meus sentimentos com tanta facilidade. E só pra você eu quero escrevê-los. Porque só você é o meu Xodó, Gandão, mandi... opa! (melhor não colocar esse não, hahaha). Porque você é o único por quem sou louca, o único que amo. Você é ÚNICO!




terça-feira, 16 de abril de 2013

Soneto do Ser

Um sonetinho que saiu assim de mansinho, cheio de amor e carinho... 


A afinidade do ser, a insanidade do ser
E ser
assim meio amado por amado ser
e amando por inteiro com todo querer

A sintonia do ser, a maluquice do ser
E ser
assim meio pirado por amado ser
e pirando por inteiro com todo querer

A verdade do ser, a conquista do ser
E ser
apenas por ser apaixonado

A paixão do ser, o amor do ser
E ser
Eu e você!

quinta-feira, 11 de abril de 2013

13 coisas sobre mim - Parte 3

Amo listas, então tem mais uma lista sobre mim:
Eu não sou maluca! Minha realidade é só diferente da sua.


1. Eu não sei amarrar cadarço. Todo cadarço que amarro desamarra em menos de 5 minutos.
2. Eu durmo com um Jacaré quase todas as noite. O nome dele é Oliver e ele não late.
3. Pareço doida, mas não sou. As vezes sou e não pareço.
4. Eu faço muitas piadas, principalmente quando fico nervosa.
5. Quando eu estou falando sério, eu estou falando sério mesmo, não é piada.
6. As pessoas as vezes leva muito a sério as coisas que eu digo.
7. Eu amo batom. De passar e o de chocolate.
8. Gosto de tudo que é bom e simples.
9. Acho que um sorriso vale mais do que um oi.
10. Sou totalmente a favor da vida.
11. Acho que a liberdade de expressão deve valer para ambos os lados, se não torna-se hipocrisia apenas.
12. Eu sou politicamente complexa.
13. A humanidade me assusta.

domingo, 7 de abril de 2013

Coisas Que Li: O Alquimista e Entre o Amor e a Guerra

Olá pessoal, hoje vim falar de uns livros que li. Tinha começado a fazer um diário de leitura do O Alquismista, mas depois eu acabei terminando de ler mais rápido do que eu esperava e por isso não continuei o diário. Então hoje vou falar um pouquinho dele e de um outro livro que li chamado Entre o Amor e a Guerra da Zíbia Gasparetto.

Primeiro vamos falar do O Alquimista. Gostei do livro, a narrativa é bem tranquila e a mensagem é muito legal, mas acho o cara meio repetitivo, conseguiria resumir a historia do livro em um paragrafo, mas enfim, é um livro. Se fosse pra dar uma nota em daria 5. Não sou escritora, não sou crítica literária, essas opiniões são pessoais... Então fãs do Paulo Coelho não me batam por favor. Gosto do personagem e mais ainda das duas pedras que ele leva com ele. Não vou falar sobre elas porque né??? Vai lá ler o livro. A mensagem que o livro passa faz a gente meditar um pouquinho e faz muito sentindo quando você coloca ela na sua vida.
Veja sempre o sinais. Quando se deseja muito uma coisa o Universo inteiro se move para que possa realizar o seu desejo. E É VERDADE!

Quanto ao livro da Zibia. Gostei muito. Ele tem a narrativa simples e praticamente passa a mesma mensagem, porém é muito triste muitas vezes. Não sei se é porque conta uma historia real, mas me tocou muito. Amei o personagem que nossa é lindo. O amor que ele sente, a luta que ele vive, a descoberta de uma doutrina, a luta contra seus demônios, o livro é lindo. Ponto. Personagem que mais gostei foi o Hans, que vocês vão conhecer quase no fim do livro. Porque eu gostei tanto dele? Porque ele sabe das coisas... Uma nota pra esse livro? 7. O livro fala de amor, e como devemos amar acima de qualquer coisa. CONCORDO PLENAMENTE!

Indico ambos os livros, tem um toque de auto ajuda, mas são romances o que torna tudo muito divertido! Alguém já leu algum desses? E aí gostou? 

ps.: Obrigada Thamires por me emprestar o da Zibia, e pessoal to trocando O Alquimista, quem tiver interesse manda msg.

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Feliz Aniversário Xodó!


Desejo que cada folha de cada árvore de cada canto do mundo, sopre um cheirinho bom e calma pra você, e que cada pessoa que cruzar o seu caminho te dê o melhor dos sorrisos
Desejo que cada voz doce e bonita cante suas canções favoritas, e que cada amanhecer seja o amanhecer do melhor dia da sua vida
Desejo que todas as crianças do mundo dancem, pulem e brinquem em seu nome, e que cada bolo de chocolate te dê aquela sensação única que é provar a primeira fatia de bolo de chocolate
Desejo que cada magoa colhida pelo seu coração seja completamente esquecida, e que o vento que sopra forte pra você seja tão gostoso quanto uma brisa
Desejo que você possa dançar exatamente no momento que tiver vontade, mesmo que seja em uma reunião chata no trabalho, e que seu chefe entre na dança e tudo se transforme em uma linda festa
Desejo que você nunca precise prometer, para nunca se cobrado, e que cada ação sua seja fruto de suas vontades sinceras
Desejo que você consiga visitar o ano 3000 todas as vezes que quiser, mesmo que seja só em uma viagem lúcida dentro de si mesmo, e que as lembranças e canecas trazidas de lá sejam verdadeiramente verdadeiras
Desejo que você possa ver nosso time ser campeão sempre, e que a cada comemoração de título seja a melhor das comemorações
Desejo que em todo o momento, a cada segundo do ano, a cada segundo da vida você seja feliz, e que tudo que há de bom no mundo seja seu ou pra você
Desejo que você tenha amor, amizade, paixão, coragem para sempre sorrir nos seus dias, e que nos dias que se sentir triste você se lembre que não importa o que aconteça sempre estarei aqui pra você
Desejo que a chuva te molhe, que o sol te aqueça, que a lua te ilumine, que seus desejos se realizem, e que eu te ame (assim como te amo agora), amanhã e por toda a eternidade.
Um lindo aniversário pra você meu Xodó!

quarta-feira, 27 de março de 2013

É Só Um Boa noite Com Carinho

Eu fico pensando em correr pra você e te dizer tanta coisa, gritar a minha saudade, a minha vontade de ta perto, o meu amor. Ou simplesmente dizer como foi o meu dia. Ouvir como foi o jogo, ou uma historia pela qual você passou que nem é, mas pra mim parece a coisa mais extraordinária do mundo. Saber que você tentou fazer ou vai tentar fazer um dia, uma daquelas coisas super gostosas que você adora comer. Te ensinar a fazer, mesmo que seja lagosta a creme de sei la o que. Poderia ser um "Boo" pra me matar de susto, e nossa, meu coração sempre vai na boca só porque foi você que fez. Se me pega distraída então é o melhor susto do mundo. Poderia ouvir você me enganar (claro que não engana) que ta torcendo pela McLaren sim, e que o Button vai ser campeão. Ou então dizendo que ele não é de nada e que viva a Ferrari. Acho que só de você dizer "mas é muito boba" ou só "boba" já vai fazer eu me gabar por dentro no "ééééé sou boba \o/", contido, mas levatando mesmo as mãos e feliz, por ser sua boba. Você é a única pessoa que faz com que eu me sinta uma chata, e mesmo assim consegue fazer eu gostar de ser chata quando diz que sou a sua chata favorita. O único que transforma a minha tristeza em sorrisos, a minha raiva em calmaria. Poderia, só me acordar pra perguntar "te acordei?", mesmo que depois diga "não é nada não só queria te acordar". Você poderia dizer qualquer frase em baleiês que eu iria amar, mesmo que fosse uma frase boba, ou uma piada tosca. Eu ficaria apaixonada, encantada, deslumbrada só porque foi você quem disse. Poderia me contar que teve com o Ginosaji, com a Dona Maria, que seu Zé fez alguma banguça na portaria com o Oxunazé e Jupiratã. Contar uma historinha de conto de fadas e gigantes só porque você faz isso. Ou me mandar tomar leite quente pro sono vir. Assim como eu diria pra você cantar pra dormir. Qualquer troca de informação boa, que provoque nossos risos e gargalhadas, que nos faça bem. Eu escrevo pra você, de novo e de novo e vou continuar a escrever, pra te contar da minha saudade. Da falta que faz as nossas risadas e brincadeiras. Da falta que você me faz. Sempre, sempre estarei aqui pra você. Porque eu te amo e sou mesmo maluca de pedra, mas completamente louca por você.

segunda-feira, 25 de março de 2013

Saudade ou Meu Amor Por Ti


Aquele sentimento estranho que não sabemos definir
um misto de saudade, angustia, amor
Como se nada completasse nada
e o mundo inteiro perdesse a cor

Aquele sentimento estranho que por vezes mora ali
uma mistura doida que só quem sente sabe
É que como se o tempo todo parasse
e nada mais importasse, alem de você aqui.

É o coração gritando e cantando
saudade e canções afins
meio sem saber se me ouve, se me sente

Porque pode passar tudo num instante
Menos a loucura constante,
a saudade e meu amor por ti.

sexta-feira, 22 de março de 2013

E tem como não amar?

Como não amar quem te faz sorrir? Como não amar alguém com personagens tão divertidos? Como não amar uma pessoa com tantas qualidades e defeitos tão bobos? Como não amar quem transforma palitinhos em pessoas? Me diz, como não amar?
Como não amar alguém que com um "Bom dia" transforma seu humor no melhor humor do mundo? Como não amar uma pessoa que se importa tanto ao ponto de parar tudo pra lhe contar uma historinha? Como não amar quem cuida de você? Me diz, como não amar?
Como não amar alguém que entra na sua loucura e viaja nos seus sonhos? Como não amar quem levanta pra ir ver a lua só porque você disse pra ir? Como não amar aquele que finge tão bem que torce pro seu piloto preferido? Me diz, me diz, como não amar?
Como não amar aquela pessoa que entra na sua cabeça e lê seu pensamento? Como não amar quem mesmo morrendo de sono, não vai dormir só porque você pediu "só mais um pouquinho..."? Como não amar quem te acorda com belos "gritos" de carinho? Como não amar aquele que te ensina tantas coisas boas? Me diz, tem como não amar?
Como não amar, só por amar, alguém tão bonito? Como não amar, assim, só por amar, quem sempre te ouve e aconselha? Como não amar aquele que é essencial na sua vida? Como não amar quem você morre de saudade compulsiva? Como não amar alguém que te preenche com o maior amor do mundo? É né? Não tem como não amar...
... E é assim que te amo...


sexta-feira, 15 de março de 2013

E mesmo que tudo no mundo diga que não, mesmo se um dia eu for embora ou que eu perca a fala, mesmo que pareça que to distante, mesmo que pareça que ta tudo errado, mesmo quando eu estiver com raiva, mesmo quando você estiver com raiva, mesmo que eu morra, saiba que eu te amo. E eu vou dizer todos os dias que te amo. Mesmo se você não ouvir, mesmo assim irei dizer... Eu já lhe disse uma vez, e não importa o que aconteça, eu sempre estarei aqui pra você, mesmo quando eu não estiver mais aqui. Sempre estarei aqui pra você! Sempre! 

quinta-feira, 7 de março de 2013

Clube das Neuróticas: Nova Temporada de Formula 1

Clube das Neuróticas: Nova Temporada de Formula 1: Olá neuróticas e neurados do meu mundão!!! To ressuscitando o blog e já entro com tudo pra falar de um assunto super feminino. Só que não....

Clique aqui para ler mais...


segunda-feira, 4 de março de 2013




E com um traço, meio completo, meio torto
entre um desenho e um borrado
entre o tempo e o minuto parado
encontro você

Você que me enche a alma
que as vezes me irrita, que me transborda sempre
Você que me enche de amor e me protege com carinho
Você que me aconselha e as vezes briga
que me abraça com palavras
que se preocupa comigo sempre
E faz com que eu me sinta amada
Você que sabe falar minhas línguas
que sabe ouvir meus problemas
o único com quem amo dar risada
e que me faz das pulos de alegria
Por ser sua é assim

Desenhando as letras de um soneto
ou caligrafando de maneira torta
um poema de amor completo
encontro você...
me encontro em você...





Ps.: te amo...

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Diário de Leitura: O Alquimista - Dia 2


Continuando o diário de leitura...

"Tinha que decidir-se entre alguma coisa que estava acostumado e alguma coisa que gostaria de ter."

"... e quando todos os dias ficam iguais, é porque as pessoas deixaram de perceber as coisas boas que aparecem em suas vidas sempre que o sol cruza o céu."

"O rapaz começou a invejar a liberdade do vento, e percebeu que poderia ser como ele. Nada o impedia, exceto ele próprio."

"Deus escreveu no mundo o caminho que cada homem deve seguir. É só ler o que ele escreveu pra você."

"Não se esqueça de que tudo é uma coisa só. Não se esqueça da linguagem dos sinais. E, sobretudo, não se esqueça de ir até o fim de sua lenda pessoal."

"O segredo da felicidade está em olhar todas as maravilhas do mundo e nunca se esquecer de suas responsabilidades."


"Se Deus conduz as ovelhas, também conduzirá o homem."

"Agora estou triste e infeliz. O que farei? Vou ser mais amargo e não vou confiar nas pessoas, porque uma pessoa me traiu. Vou odiar aqueles que encontraram tesouros escondidos, porque eu não encontrei o meu. E vou sempre procurar manter o pouco que tenho, porque sou pequeno demais para abraçar o mundo."

"Sou como todas as pessoas: vejo o mundo da maneira que desejava que as coisas acontecessem, e não da maneira que as coisas acontecem."

"Aprenda a respeitar e seguir os sinais."

"Aprendi que certas coisas não devemos perguntar, para não fugir do próprio destino.""

"Existe uma linguagem que está além das palavras. Se eu aprender a decifrar esta linguagem sem palavras, eu vou conseguir decifrar o mundo. Tudo é uma coisa só."

"As pessoas falam muito em sinais, mas não percebem o que estão dizendo."

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Frases Soltas


As vezes eu acordo com o sentimento do mundo
Outras vezes com só esse sentimento
Esse aqui de todo dia...
Uma mistura de amor com saudade
Mais amor que saudade as vezes
Mais saudade que amor tantas outras
É lindo saber que o que sinto
é algo único que ninguém mais sente
Não que as pessoas sejam melhores ou piores que eu
Mas todos somos diferentes
E quando penso em desistir desse sentimento
Lembro que se tem 0,01 % de chance de me amar do mesmo jeito
Vale a pena lutar por ele.
E quando acho que não me ama mais
um ciume tremendo me corroi a alma
E tento esquecer, tento esquecer lembrando o tempo todo
É assim que é o amor?
Querer ver o sorriso do outro mesmo quando seus próprios olhos estão encharcados?
É assim o amor?
Querer só saber que aquele que preenche seu coração está bem
Mesmo sem você...
É acho que é assim o amor...
Porque saber que sorriu me fascina tanto que passo a querer viver só para seu sorriso!
É, é assim que sei que te amo...

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Diário de Leitura: O Alquimista - Dia 1

Boa noite aos meus leitores (um pouco mais de 6 acredito)...

Resolvi fazer um diário de leitura pra quando eu tiver lendo algum livro que tenha muitas passagens que são bonitinhas, ou interessantes, ou que passe alguma lição... Qual a intenção? Nenhuma. Só mesmo mostrar um pouquinho da mensagem do livro pra todo mundo. Enfim, to lendo "O Alquimista" do Paulo Coelho. Já era pra eu ter terminado de ler faz um tempão, mas eu acabei dando uma pausa pra ler outro livro, pois já havia lido este, e só voltei agora, logo ainda to no inicio. O livro é cheio de passagens legais, que eu sei que amiguinhos do facebook iriam adorar compartilhar, então vou colocar algumas dessas passagens pra vocês. Antes que venham reclamar, vou deixar claro que são frases soltas e que não vai interferir na leitura de vocês caso um dia resolvam ler este livro. Quanto ao livro, depois eu falo minha opinião pra vocês.

"É justamente a possibilidade de realizar um sonho que torna a vida interessante."

"Os sonhos são a linguagem de Deus."

"Quando a gente vê sempre as mesmas pessoas, terminamos por fazer com que elas façam parte de nossas vidas. E como elas fazem parte de nossas vidas, passam também a querer modificar as nossas vidas. Se a gente não for como elas esperam ficam chateadas. Porque todas as pessoas tem a noção exata de como devemos viver nossas vidas. E nunca como viver as suas próprias vidas."

"Seja você quem for ou o que faça, quando quer com vontade alguma coisa, é porque este desejo nasceu na alma do Universo. É sua missão na Terra."

"A alma do mundo é alimentada pela felicidade das pessoas."

"E quando você quer alguma coisa, todo o Universo conspira para que você realize seu desejo."

"As pessoas aprendem muito cedo a sua razão de viver. Talvez seja por isso que desistem muito cedo também. Mas assim é o mundo."

É isso ae... Amanhã eu continuo a leitura e a sublinhar essas passagens pra colocar aqui no diário ok? Espero que vocês gostem!!!


terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Olhaaa...


As vezes eu queria subir em um lugar muito alto, mais alto que o 8º andar da Dona Maria e gritar lá de cima o quanto te amo.
As vezes eu queria mergulhar bem fundo no oceano e convocar todas as baleias pra me ajudar a dizer que te amo.
As vezes eu queria ir atrás do Ginosaji e com muitos "POC"s e mais "POC"s te proteger porque te amo.
As vezes eu queria ir numa dessas convenções de entidades e santos pra ver se convenço o Oxunazé e a Jupiratã Ungázé a me ensinar formas eficientes de nos proteger e assim poder sempre dizer que te amo.
As vezes eu queria e só queria dizer, assim que nem criança (ou não tão criança) Pte PaPmo.
Mas hoje eu só quero de forma simples e sem delongas, sem enrolação ou poema (pode rir), assim sem frase exagerada te dizer:


Olhaaa...

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Esverdear

Era verde, vi bem, vi sim
E cobria toda a atmosfera
E desenhava todas as nuvens
E esverdeava o mundo

Eu vi, vi sim, era tão bonito
E brincava com as estrelas
E pulava na lua e mexia planetas
E soprava o vácuo,esverdeava tudo

E sei que vi, no oceano
E estava brincando com as ondas
E olhava peixinhos, esverdeava o mar

Eu vi tudo isso, e era verde
E fazia rir, fazia feliz, enchia de amor,
E esverdeava o coração. Meu coração.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Soneto de Rapadura


Rapadura
Taí um doce que sabe ser doce
Rapa que dura a fé
rapa que dura o amor

rapa que dura o carinho
é só rapar um pouquinho
que dura o doce da vida e brilho
é, ela ta certa

você serve como rapadura em partes
você serve entre rapar e durar
você é daquele tipo que não enjoa

Mas é do tipo que é doce, mas não é mole não.
É, a única rapadura que faz querer durar...
Todo amor doce que cabe aqui e lá...

ps.: Soneto de Rapadura, mas feito pra um sorvete de flocos, com muito amor e carinho...

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Coisas que vi: Um Dia


Gente hoje é dia de indicar e indicar né? Postei mais cedo "Melhores coisas da vida" e agora vou falar de um filme que vi.

"O que quer que aconteça amanhã, tivemos o hoje." (Um dia)



Sou fã de dramas. Sério, fã mesmo. Adoro filmes chorões e que me deixe pensativa por dias, semanas e até meses. Já faz um tempo vi um filme chamado "Um Dia" que fala de um casal que passa a vida se encontrando e se perdendo. É muito lindo e que me fez pensar MUITO (deu medinho).

"Veja, está tudo bem. Talvez possamos ser amigos." (Um dia)



Gostaria muito de contar o filme pra vocês, mas não poooosso. Até posso né? Mas melhor não... O filme se passa em Londres (Adoro esse sotaque), foi baseado em um livro (que me contaram que é sumpimpa também), e tem dois atores que estão no meu S2 forever: Anne Hathaway (Emma) e Jim Sturgees (Dexter)...

"Escuta. Nada bom vem fácil." (Um dia)

Enfim, VEJAM O FILME!!! Segue o Trailler (AMO TRAILLERS!!!)



"O futuro nunca é. E isso que o faz tão incrível. É encontrar alguém que te ame de verdade." (Um dia)

Melhores Coisas do Mundo: Café com Leite em Pó





Hoje entra pras melhores coisas do mundo o CAFÉ COM LEITE EM PÓ. Sim, em pó. Eu amo café com leite, mas depois da minha dieta passei a amar café com leite em pó, já gostava antes, mas não como agora. Todo dia eu tomo café com leite em pó, não posso tomar leite integral ou semidesnatado, só posso o desnatado mesmo. E como todos parecem uma água suja não tomo mais. Por conta disso resolvi optar pelo em pó que da um consistência um pouquinho melhor. Por isso o café com leite em pó desnatado.

Ah! Ainda amo muito o café com leite tradicional que já faz parte da minha lista fora do blog e logo mais coloco ele oficialmente na lista do blog.

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Incondicionalmente


Incondicional.
Nenhuma palavra pode definir esse sentimento. Ele é assim, incondicional, que mesmo que brigue (e briga) e a raiva e ódio apareçam , logo o que é ruim vai embora e a saudade brota. E por mais que se afaste e tente esquecer, logo o sentimento volta. E mesmo que zangue e mesmo que machuque ele faz bem e parece completar tudo.
Porque sim, não importa a tempestade e o tamanho do grito. Aquele sentimento, esse sentimento, volta.
Porque tudo que é essencial é o amor, e este é incondicional e imenso. Porque tudo que é essencial é você, e este é o imperfeito mais perfeito entre os imperfeitos. Por isso, e por aquilo, e por mais um monte de coisas que nem sei explicar, que eu digo que amo você incondicionalmente!
Incondicionalmente.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Coisas que li: O Livro dos Espíritos e Caminho, Verdade e Vida

Meus livros...  Ambos comprados em Sebo!

"Nenhum conhecimento é inútil!" Essa frase é do "O Livro dos Espíritos" Do Allan Kardec. Li esse livro ano passado e fiquei espantada (sério mesmo)com o quanto gostei dele.

O livro fala sim da doutrina espirita, mas mais que isso te passa uma visão geral de como as coisas funcionam. Pra quem não sabe fui criada na religião católica  mas sou agnóstica.  Acredito que como não existem provas de que não existe e/ou existe não tem porque não acreditar... Sim, eu acredito em quase tudo. Porém não sou religiosa. Logo, não sou contra ou a favor de religião nenhuma, respeito e pronto.

Mas enfim, não to aqui pra falar de religião. Vim pra indicar esse livro e mais um que terminei faz uns dias, e que também é aquele tipo de livro que você volta e lê trechos um bilhão de vezes porque sempre parece te ensinar alguma coisa. Esse é do Chico Xavier e se chama "Caminho, Verdade e Vida". O livro explica certos versículos da Bíblia e como disse antes sempre ensina mais alguma coisa. Então compra, pede de presente, vai no sebão ou sei la... Mas coloca ali pertinho de você, e leia sempre!

Meu "O Livro dos Espíritos" é tão velho, que to aceitando de presente uma edição mais recente... :p

Espero que tenham gostado das dicas e quem leu conta ae o que achou nos comentários...

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Bons Sonhos



Hoje só quero te dar "bom dia"
Bom dia pra sorrir
Bom dia pra cantar
Bom dia pra dançar
Bom dia pra trabalhar (?)
Bom dia pra viver...

Mais tarde quero te dar "boa tarde"
Boa tarde tomar aquele sorvete
Boa tarde pra ouvir aquela música
Boa tarde pra sentir aquele abraço
Boa tarde pra sorrir o melhor sorriso
Boa tarde pra viver...

E ainda mais tarde que a tarde quero lhe dar "boa noite"
Boa noite pra ver aquele filme (é esse mesmo que a gente não acha)
Boa noite pra ver a lua quase cheia
Boa noite pra sentir saudade
Boa noite pra ouvir "te amo"
Boa noite pra viver...

E então lhe dizer "bons sonhos"...

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

É só um pedido...




Me perdoa por ser tão inconstante e irritante
Por cometer erros que poderiam ser evitados tão facilmente
Por deixar que as brigas aconteçam e causar muitas delas
Por tentar sempre amenizar as coisas e desviar os assuntos
Por pedir tantas desculpas, mesmo zangada
Por guardar sentimentos que deveriam ser expostos
Por expor sentimentos que deveriam ser guardados
Por não conseguir falar tudo
Por não conseguir me calar
Me perdoa por ser tão burra tantas vezes
Por guardar a minha raiva e por as vezes não guardar
Por não saber medir até onde posso ir
Por fazer loucuras e por deixar de fazê-las
Por não ser como você gostaria
Por não ser como eu gostaria
Me perdoa por escrever sempre tantas coisas sobre você
Por guardar tantos textos que são pra você
Por te perturbar com isso
Por mexer com você
Por sempre fazer piada na hora errada
Por ser ciumenta e grudenta
Por querer destruir o Acre
Me perdoa por desejar que dê tudo certo
Por querer sempre gritar que te amo
Por ser doida por ti
Por ser maluca
Perdoa?

Ps.:  Se perdoar te faço geladinho de nutella!

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Coisas que Li: O Mundo de Sofia


Da série livros que li e não gostei (ou melhor, gostei mais ou menos) entra "O Mundo de Sofia". Nesse momento deve ter um milhão de pessoas me chamando dos nomes mais feios porque disse que não gostei, mas a verdade é que deixou a desejar. Achei a ideia muito inteligente e a historia tinha tudo pra ser ótima, mas o autor bagunçou ela toda. Mas bagunçou como? (Se você não leu e acha que um dia vai ler, não continue o post).

Meu interesse pelo livro acabou no momento em que ela encontrou com o seu "professor". Gente eu fiquei decepcionada, juro que fiquei. Aquele barato das cartas era um máximo. E o cara acaba com ele antes do meio do livro. Porém! O livro é muito legal pra quem tem interesse em conhecer a historia da filosofia, ele passa por todos os momentos filosóficos da historia, e isso é MUITO LEGAL, e por isso eu continuei o livro até o fim. Posso dizer para vocês que o final também foi muito inteligente e eu gostei muito, só que eu já sabia o final no meio do livro, porque o autor não soube manter o suspense. Logo o motivo de eu não ter gostado foi mesmo culpa do autor que não soube, infelizmente, manter a historia fluindo naturalmente. Querem uma nota? De 0 a 10 dou 6. Valeu a leitura para conhecimento geral, porém a historia teve MUITAS falhas.

Ps.: Lembrando que isso é só uma opinião minha, não sou crítica de livro e nem filósofa.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Frase

Odeio quando esse tipo de coisa acontece - como quando uma frase é formada e quando você vai escrever ela se perde e se desmonta na sua mente. E aí você fica por horas procurando por ela. Escreve uma, duas, três, mil e a bendita não aparece. É assim que tantos dos meus textos são criados, procurando por uma frase tão lancinante e enebriante que só podia existir aqui mesmo, na minha mente, e como minha mente as vezes me engana não fica difícil usar de outras frases pra compor meu texto. O bom é que independente do quanto a minha cabeça pregue peças com as frases e palavras, ainda assim a frase sempre volta a aparecer, e as vezes ela que poderia ser só mais uma frase, ou então o inicio de um texto, passa a ser colocado no fim, ou no meio. Então a frase que iniciou o texto, como essa nesse caso, acaba por fim sendo o final da mesmo. Isso era só pra explicar como eu escrevo. Não é dom, são palavras e sentimentos que acabam por surgir, assim do nada, ou de mim, e precisam ser colocados em forma de palavras. Eu não sou boa com palavras, ou melhor com expressões de mim. Então eu escrevo. Lembrei:

"Saber que sorriu me fascina tanto que passo a querer viver só para seu sorriso!"

Acho que dessa pode surgir outro texto cheio de amor.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Já não sei o que dizer e nem como dizer. Só sei que sinto. Ouvindo aquelas músicas cheias de coisas sobre você, as vezes tem coisas que nem sei se são sobre você, mas pra mim é como se fosse. E vejo um quadro, desses que as pessoas dizem ser contemporâneos e não entendo chongas. Confesso, não sou boa com interpretações de quadros. Mas por mais borrados que sejam os borrões eu ainda te vejo ali pintado. Se tiver verde e azul então, você fica ainda mais claro. Nítido deixa o quadro, o meu coração. E quando leio algo, sempre penso em como séria sua reação lendo a mesma coisa, imagino que gostaria de ler o que estou lendo agora. Mas espera! Agora eu só estou me lendo, ou te lendo, afinal estou escrevendo você. E quando risco o traço do lápis eu sempre penso num desenho, as vezes acho que deveria voltar a desenhar. Mas escrevo e descrevo meu amor por ti. E quando penso que talvez não me veja, ou não veja o que fiz pra ti meu coração chora. Por que é assim que tem que ser, a inspiração assistindo o que o inspirado fez para que fostes presenteado. É por isso que escrevo, para abrir meu peito para que meu coração grite sem medo o teu nome. Meu coração. Tão choroso as vezes e tão impulsivo sempre. Ele não sabe mais pulsar anonimamente, agora ele carrega nome e frases e coisas entre suas batidas descompassadas. E as vezes canta, canta aquelas canções tão lindas, desafinado, as vezes sonolento. Coração desafinado, descompassado, sonolento e que ao ouvir sua inspiração pula, saltita e acorda ele e quem mais estiver por perto. Meu coração é barulhento, não sabe amar calado. Precisa explodir meu peito, gritar e chamar seu nome. Meu coração é maluco, mas maluco por ti... Ou doido, doidinho, mas por ti. É por você cada TUM TUM TUM... E é pra você cada "Eu te amo!"

Desejo e Reparação (2009)


Hoje abri um livro velho e caiu um texto que fiz sobre um filme que fala de inveja e ódio, e ao mesmo tempo de arrependimento. Não vou contar o filme, é um filme muito bom e que merece ser visto: Desejo e Reparação. Quem puder assiste. Enfim voltando ao texto, eu o escrevi num bloco que usava no trabalho (na época eu era instrutora num curso em Rio das Ostras). Escrevi uma espécie de resenha do filme só porque eu tava atoa em casa e o bloco tava ali papando mosca. Acontece que na hora de dar aula eu rasguei a folha do bloco e guardei no livro do Harry Potter e o Cálice de Fogo. Ontem a noite achei. Então fiquei surpresa com a raiva que descrevi os sentimentos controversos da personagem e resolvi postar aqui antes de jogar o texto fora. É um fragmento de texto ok? Mas é que o resto é só sobre o filme e não tem graça nenhuma. Já o fragmento ficou forte, triste e pesado. Espero que gostem, porque eu não sou muito de escrever assim não... Ta aí.


Desejo e Reparação.

"Gostaria de inflar o ego daqueles que não me querem bem, dos que me invejam e me perseguem. Quero inflar e declamar o ódio, a mágoa e o rancor. Triste né? Pois é... Triste...
Gostaria de agradecer a todos que me desprezam, e se enojam com meus sorrisos. Por vocês ele acaba por adoecer vez em quando.
Quero supor a raiva e a dor causada por aqueles que me rodeiam com lamentações infundadas de nada e por ninguém e ao que me ver triste comemora, e ao que me ver sozinha festeja a minha solidão e lágrimas.
Apenas isso... Raiva, ódio e todo o podre da terra. É isso que desejo que morra... Do resto e para o resto. Sorrisos!"

(Dezembro, 2009)

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Yesterday





Saudade... Saudade dos tempo em que eu tinha 12 anos. Eu apagava as luzes da varando e ia deitar no gramado, ficar vendo o céu e contando estrelas. Sinto falta disso.
Sinto falta da época em que minha única preocupação era chegar em casa antes de chaves, correr o mais rápido possível de bicicleta, escolher a goiaba sem bicho no pé. Sinto falta do cheiro da minha casa, daquela quantidade absurda de bichos de pelúcia que tomavam conta da minha cama, que pra dormir era meia hora só tirando tudo, as vezes eu nem dormia nela só pra não ter que tirar os bichos de la. Sinto falta da minha mesa de caixote, que eu mesma fiz só no prego... Era tão legal aquela mesa... Caixote de banana sujo, mas era minha, eu tinha feito. Sinto falta dos meus cadernos, que hoje em dia estão enterrados ou queimados em algum lugar. Sinto falta deles. Sinto falta do sofá, da cama de mola, da Xulinha. Quando eu fui embora ela correu tanto atrás daquele carro, mesmo assim a gente foi embora e ela ficou. Sinto falta do colo do meu pai, da marca do copo na varanda, sinto falta dos discos. Tinha que sempre arranhava, ficava parado no mesmo lugar, e ele sempre pediu pra que um de nós fossemos lá e mudássemos tudo. Sinto falta daquela cadeira encostada no canto. Depois que ele foi embora a marca da cadeira ficou, a marca do copo, o cinzeiro. Sinto falta daquela rede, ali era tão gostoso. Mas só era gostoso mesmo porque a gente tava junto, tava todo mundo junto. A vida não doía naquela época... Sinto falta disso... Sinto falta da época que a vida não doía...




Ps.: Essa música era sempre ouvida pelo meu pai, porém após sua morte, eu simplesmente não consegui ouvir mais... Nem ao menos para adicionar ao post. Se por acaso o vídeo tiver cagado, ou com outra música, desculpa ae...

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

2013

ler mais 
escrever mais
estudar mais
ver mais filmes
sair menos 
fazer mais coisas do dia
dormir mais cedo
acordar mais cedo
praticar mais esportes 
beber menos
comer melhor
juntar dinheiro
agradecer mais
ser menos arrongante
ser menos crítica
fazer o bem
me abrir mais (com quem merece)
cortar invejas
falar menos sobre o que não interessa
falar mais sobre o que interessa
dançar mais
ficar mais comigo
ser mais eu
estar presente
aprender mais
ouvir mais 
sorri mais 
iluminar mais
errar menos
Ocorreu um erro neste gadget