segunda-feira, 30 de julho de 2012

DORMIR




Hoje o que entra pra lista de melhores coisas do mundo é DORMIR! Gente pelo amor de Deus, eu preciso dormir 8 hrs direto pelo menos uma noite! Sempre nos fins de semana a gente dorme até mais tarde, mas normalmente porque saímos pra baladinha, então vamos dormir pela manhã e por conta disso acordamos 12:00 ou até mais tarde que isso... Normalmente consumimos álcool e por isso dormimos ainda melhor. Uma pinóia, eu não durmooooo!!! Tenho uma dificuldade tão imensa pra dormir que chego a ficar noites inteiras sem fechar os olhos... aí vem aquele papo de pensamento criativo e bla bla bla... Muito lindo isso quando você passa uma noitizinha em claro apenas, quando chega na 3ª ou 4ª você chora de desespero, fora o fato de seu organismo se destrambelhar completamente, a pele fica áspera, o cabelo fraco e caindo e as unhas quebram. Eu não sou uma especialista não, eu só vivencio o fato! Então hoje eu tenho o prazer de adicionar a lista, dormir! Antes que vocês se preocupem eu não estou numa crise de insonia nesses dias não ok? Só tenho dormido pouco, coisa de 5 hrs por noite, o que no meu caso é suficiente, mas não impede de eu desejar mais...

Segue umas dicas pra conseguir dormir (sem a internet):

Cantar: Sério, cantar é muito legal e faz um bem danado pra alma!! Mas por favor nada de escolher System ok? Prefira musicas fáceis e divertidas, pra não acabar sonhando com um show pauleira... Acredite, a música vai sim influenciar seu sonho!

Escrever: Sempre faz bem, no meu caso eu já escrevo quase todo dia (quase toda hora). Na hora de deitar sempre vem alguma coisa na cabecinha elétrica do sujeito e acaba fazendo ele ficar pensando naquilo eternamente... Evite pensar demais antes de dormir, ESCREVA! O pensamento é colocado pra fora e pronto, você vai dormir!

Respirar: Outra coisa legal pra fazer na hora de dormir é se concentrar na sua respiração e somente nela. Parece impossível né? Mas é possível sim e ajuda mesmo. Só não pira e comece a pensar nos benefícios de se respirar bem, porque se não já era!

E por último Ouvir: Ouvir a voz da pessoa que você ama vai te ninar, pode falar "Sarah você é louca!". É eu posso até ser, mas isso funciona muito, muito mesmo! Vale qualquer coisa, desde telefonema que vai acabar com você dizendo "Ta bom, vou dormir!" e você vai mesmo... Ou gravação de voz, (coloca no looping e vai deitar) você vai dormir! E vai dormir calminho! (Detalhe importante, quando digo pessoa que você ama, pode ser namorado, irmão, amigo, mãe, alma gêmea, etc - o que importa é ser uma voz que te faça bem e acalme!). Ouvir música normalmente não me ajuda não, porque eu acabo sonhando com a música, acordo, e perco o sono.

Então é isso aí, bom sono pra vocês! ;)


terça-feira, 24 de julho de 2012

Amor Subentendido


Qualquer canção que tenha o mínimo de COR
E toda cor que te DEFINE
Até mesmo quando preto e branco
Até depois de pintar TUDO
Mesmo escondido naquele canto nublado
Ou quando por conta da chuva se molha
Qualquer VENTO, mesmo que frio ou morno
Ainda que morno por luz elétrica
Ou por pouco o pôr do SOL
A vida, aquele que outra hora nasce
Nasce sol e acorda DIA
Que traz canções  com o máximo de cor
Toda cor que te COMPÕE
Como poesia vasta de preto e branco
Colorindo, pintando e desenhando O MUNDO
SEU MUNDO
Onde se nublado SORRI, porque se chove
DANÇA
E quando venta o vento é QUENTE
Quente do sol que nO MAR aponta, Sol
A VIDA, do AMOR que agora 
Cresce e ENCANTA!

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Quanto vale a vida?


Sabe aquele momento em que você ouve uma música e ela te lembra algo e você começa a rir descontroladamente? Não que isso seja realmente engraçado, mas o fato daquela música estar presente na sua memória por conta daquele momento faz com que tudo fique mais divertido, ou triste! No caso de hoje mais divertido! Bem vindos a trilha sonora da minha vida! 


Foi por uma música que a ideia desse post surgiu. Ouvindo a tal me lembrei do banco de pedra da Veiga em que eu ficava deitada durante algumas tardes esperando o tempo passar. Eu não tinha nada na cabeça a não ser os peixes assassinos daquela lagoa nojenta.
Pra quem não conhece, o Campus 3 da Universidade Veiga de Almeida fica em Cabo Frio em frente a famosa (e nojenta) Lagoa de Araruama. Nessa lagoa vive seres únicos e assustadores, o mais famoso deles é o PEIXE-CARNÍVORO. 
O peixe - carnívoro é a evolução do peixe comum, que devido a podridão em que foi obrigado a viver aprendeu algumas coisinhas. Tive o prazer de ver isso de pertinho.
Certa vez, sentada olhando aquela lagoa linda (e nojenta) vi um peixe pulando e gritando "Me salve", poucos dias depois no mesmo local vi um peixe pulando em direção a um pássaro gritando "Me coma!", com o passar do tempo tamanho foi o estrago que agora podemos ver os peixes pulando e comendo os pássaros... Sim, eu sei que sou idiota! Mas era impossível não pensar idiotices naquele lugar. E não adianta, eu ouço a música e me lembro desse momento em que pensei essas coisas deitada naquele banco.
Só pra constar a música não fala de peixes, nem de bancos, nem de nada que ta na lembrança, a música fala de vida, mais especificamente de quanto ela vale... 
Enfim, inaugurando a parada entra a lembrança mais idiota, porém a que me deu a ideia do post!!! Segue letra e música pra vocês:

Quanto Vale a Vida? - Engenheiros do Hawaii

Quanto vale a vida de qualquer um de nós?
quanto vale a vida em qualquer situação?
quanto valia a vida perdida sem razão?
num beco sem saída, quando vale a vida?
são segredos que a gente não conta
são contas que a gente não faz
quem souber quanto vale, fale em alto e bom som
quantas vidas vale o tesouro nacional?
quantas vidas cabem na foto do jornal?
às sete da manhã, quanto vale a vida
depois da meia-noite, antes de abrir o sinal?
são segredos que a gente não conta
(faz de conta que não quer nem saber)
quem souber, fale agora ou cale-se para sempre
quanto vale a vida acima de qualquer suspeita?
quanto vale a vida debaixo dos viadutos?
quanto vale a vida perto do fim do mês?
quanto vale a vida longe de quem nos faz viver?
são segredos que a gente não conta
são contas que a gente não faz
coisas que o dinheiro não compra
perguntas que a gente não faz:
quanto vale a vida?
nas garras da águia
nas asas da pomba
em poucas palavras
no silêncio total
no olho do furacão
na ilha da fantasia
quanto vale a vida?
quanto vale a vida na última cena
quando todo mundo pode ser herói?
quanto vale a vida quando vale a pena?
quanto vale quando dói?
são coisas que o dinheiro não compra
perguntas que a gente não faz:
quanto vale a vida?


Ocorreu um erro neste gadget